Com surfe e skate, COI inclui cinco novas modalidades para Tóquio 2020

São Paulo, SP

03-08-2016 17:15:02

Nesta quarta-feira, o Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovou a entrada de cinco novas modalidades nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que será realizado em 2020. Com a decisão, surfe, skate, escalada, caratê e beisebol/softbol passam a integrar a competição poliesportiva mais importante do mundo.

Assim, o Brasil pode ter um aumento no número de medalhas, visto que tanto surfe quanto skate são modalidades fortes no País. Nos últimos dois anos, os brasileiros Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho, sagraram-se campeões mundial de surfe.

No skate, o Brasil é uma potência. Além de nomes como Sandro Dias e Bob Burnquist, o País ainda conta com atletas como Pedro Barros, hexacampeão dos X Games, e Karen Johz, tetracampeã mundial. Ainda não foi divulgada qual categoria do skate será incluída nos Jogos.

Entre as reformas realizadas em dezembro de 2014 pelo presidente do COI, Thomas Bach, o país sede dos Jogos pode incluir esportes que sejam comuns e populares no país, a fim de aumentar a audiência e atrair mais patrocínio.

Contudo, a modalidade incluída em uma Olimpíada não precisa ser disputada na seguinte. Foi o caso do beisebol/softbol, que integraram a lista de esportes em Pequim 2008, mas ficaram fora de Londres 2012. Além disso, a inclusão das cinco modalidades acarretará em uma adesão de 18 novos eventos e 474 atletas.

Adriano de Souza, o Mineirinho, comemorou a decisão. Veja abaixo.

Deixe seu comentário