Maioria dos japoneses se opõe a Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021

AFP - São Paulo,SP

20-07-2020 11:02:35

A grande maioria dos japoneses deseja que as Olimpíadas de Tóquio, adiadas por um ano devido à pandemia, não sejam realizadas em 2021 - apontam pesquisas recentes.

Apenas 23,9% das pessoas pesquisadas entre sexta e domingo querem que os Jogos ocorram no próximo verão, conforme programado, de acordo com uma pesquisa da agência de notícias japonesa Kyodo, divulgada ontem à noite.

De acordo com a sondagem, 36,4% dos entrevistados são a favor do adiamento dos Jogos, enquanto 33,7% consideram que o evento deve ser cancelado.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A maioria dos defensores do atraso, ou do cancelamento, diz não acreditar que a pandemia de coronavírus possa ser controlada a tempo para os Jogos. A cerimônia de abertura está prevista para 23 de julho de 2021.

Segundo outra pesquisa também neste fim de semana, feita pelo jornal Ashai, 33% da população quer que os jogos ocorram no próximo ano, enquanto 61% gostariam que eles fossem cancelados, ou adiados.

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foi anunciado em março, quando a COVID-19 estava se espalhando pelo mundo. Isso não acontecia desde o cancelamento de duas edições dos Jogos durante a Segunda Guerra Mundial.

Ambas as pesquisas, realizadas em todo país, confirmam a tendência expressa em uma enquete de junho, na qual pouco mais da metade dos moradores de Tóquio era a favor dos Jogos serem adiados novamente, ou mesmo cancelados.

Os organizadores japoneses e o Comitê Olímpico Internacional (COI) descartaram a possibilidade de voltar a adiar os Jogos.

Na semana passada, o presidente do COI, Thomas Bach, declarou que estão sendo estudados vários cenários diante da pandemia, incluindo a realização dos Jogos a portas fechadas. Ele disse, porém, opor-se a essa solução.

A pesquisa da Kyodo foi feita por telefone com 1.045 entrevistados. Na sondagem do Ashai, 2.097 pessoas foram ouvidas, também por telefone.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário