McLaren lança audacioso plano de GP em sua cidade sede, na Inglaterra

São Paulo, SP

15-08-2017 11:50:09

Em tom de brincadeira, a McLaren anunciou, nesta terça-feira, um plano para hospedar um GP de Fórmula 1 nas ruas da cidade de Woking, na Inglaterra, onde fica sua sede. A princípio ambicioso, o projeto, que colocaria o GP “ao lado de Mônaco e Cingapura como uma das sedes mais glamorosas e icônicas” da categoria, pode sair do papel em breve.

“Por que não trazer a F1 às ruas de Woking? Além do enorme comprometimento social e financeiro para criar a infraestrutura, reformar as ruas, corrigir a superfície do solo, instalar quilômetros de alambrado, construir arquibancadas, pagar pelas taxas e ter a aprovação da FIA, não vemos nenhuma barreira”, disse o diretor de tecnologia da equipe, Jonathan Neal.

O Circuito Internacional de Woking, como nomearam os líderes da escuderia, inclui uma pista com 18 curvas e 4,8km de extensão. Mas, para ser uma opção ao calendário da F1, é preciso apresentar o plano às autoridades locais: “Ainda tem que apresentar formalmente o plano ao governo local, porque não se sabe como se dará o custo de todas as obras necessárias”, afirmou a McLaren.

Após 25 dias de pausa, a F1 tem data marcada para retornar no dia 25 de agosto, quando os pilotos entram na pista para o treino livre – um dia antes do treino classificatório. No domingo (27), acontece a 12ª etapa do ano. Atualmente, quem lidera a categoria é Sebastian Vettel, da Ferrari, com 202 pontos. Na sequência vem Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, ambos da Mercedes, com 188 e 169 pontos respectivamente.

Deixe seu comentário