Lorenzo faz pole inédita em Valência e dá passo rumo ao tri da MotoGP

São Paulo, SP

07-11-2015 12:19:34

Na ensolarada manhã deste sábado, na Espanha, Jorge Lorenzo conquistou sua quinta pole position na temporada e uma das mais importantes de sua carreira. Pela primeira vez, o espanhol da Yamaha foi o mais rápido do treino classificatório para o Grande Prêmio da Comunidade Valenciana, última e decisiva etapa do Mundial de MotoGP 2015, com o tempo de 1min30s011. Seu companheiro de equipe e rival na briga pelo título, o italiano Valentino Rossi, fez apenas a 12ª marca antes de sofrer queda na pista, porém sairá na última posição do grid de largada deste domingo devido à punição relativa ao incidente com Marc Márquez na corrida da Malásia, há duas semanas.

"É a volta mais importante e a melhor da minha vida. Não pude acreditar quando vi 1min30s011. Na volta anterior eu fui ao máximo e fiz 1min30s9, então na segunda tentativa melhorei um segundo, algo incrível. Freei perfeitamente, acelerei perfeito e tive muita tração. Acredito que se eu tentasse repetir 50 ou 100 vezes, não voltaria a fazê-lo. Muito feliz com a pole de amanhã. É importante começar bem e já veremos se amanhã teremos um dia como o dia hoje", festejou Jorge Lorenzo.

Valentino Rossi, por sua vez, lamentou o resultado do treino classificatório na Espanha. “Honestamente, acho que, saindo em último, é impossível lutar pelo pódio. Quando muito, posso tentar ser o quarto, o que também vai ser muito difícil, porque há pelo menos sete motos com um ritmo muito bom por volta”, afirmou o italiano.

Atual bicampeão da categoria, Márquez teve problemas de instabilidade em sua Honda, mas mesmo assim foi o que mais se aproximou de Lorenzo, com 0s488 de diferença. Companheiro de Marc, o também espanhol Dani Pedrosa completa a primeira fila, seguido por Aleix Espargaró, Cal Crutchlow e Bradley Smith. Fechando a lista dos dez primeiros estão Andrea Iannone, Pol Espargaró, Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci.

São cinco espanhóis, três italianos e dois ingleses no Top-10 do grid de Valência. A última etapa do Mundial está sendo marcada pela rivalidade entre Espanha e Itália por conta do entrevero que Márquez e Rossi tiveram em Sepang. Na ocasião, os dois brigavam pela terceira colocação da corrida e, então, Valentino resolveu dar uma leve joelhada em Marc, que caiu e abandonou a prova.

Após o GP da Malásia e durante as últimas semanas, os dois pilotos, que somam oito títulos de MotoGP, trocaram acusações e provocações. Rossi disse que os espanhóis bolaram um complô para ajudar Lorenzo a conquistar seu tricampeonato, enquanto os italianos foram acusados de poderem facilitar ultrapassagens de Valentino. Inclusive, até a imprensa de Itália e Espanha entraram na briga, cada uma defendendo seu compatriota.

O fato é que Valentino Rossi tem sete pontos de vantagem sobre Jorge Lorenzo, mas terá a dura missão de fazer uma corrida de recuperação e cruzar a linha de chegada em segundo lugar para garantir o heptacampeonato. O espanhol, por sua vez, precisa vencer em Valência e torcer para o italiano terminar de terceiro para baixo. Outras combinações de resultados, porém, são possíveis.

A 18ª, última e decisiva corrida da temporada 2015 começará neste domingo, às 11 horas (de Brasília). Mais de 120 mil pessoas são esperadas no autódromo Ricardo Tormo, em Valência.

Lorenzo comemora posição de honra no grid de largada e dá passo importante ao título (Foto: Javier Soriano/ AFP)
Lorenzo comemora posição de honra no grid de largada e dá passo importante ao título (Foto: Javier Soriano/ AFP)

O treino - Na primeira etapa da disputa pela pole position, o Q1, os espanhóis Aleix Espargaró e Maverick Viñales foram os mais rápidos e se juntaram aos outros dez pilotos previamente classificados ao Q2.

Espargaró fez sua melhor volta em 1min31s409, 0s100 à frente de Viñales. Com isso, os dois se credenciaram a disputar a posição de honra no grid de largada com Andrea Iannone, Valentino Rossi, Marc Márquez, Jorge Lorenzo, Bradley Smith, Dani Pedrosa, Pol Espargaró, Andrea Dovizioso, Cal Crutchlow e Danilo Petrucci, os dez pilotos mais velozes nos treinos livres, respectivamente.

Nos últimos 15 minutos da classificação, Márquez assumiu a liderança logo em sua primeira volta, com 1min30s499, seguido por Pedrosa e Lorenzo. O atual bicampeão mundial tentou melhorar sua marca, mas sua Honda mostrou instabilidade e não conseguiu uma volta mais rápida.

Lorenzo, por sua vez, bateu o tempo de Márquez ao completar seu melhor giro em 1min30s011 a pouco mais de três minutos para o fim do treino. Enquanto isso, Márquez voltou dos boxes para sua última tentativa de conquistar a pole position, mas sem sucesso. O piloto da Honda voltou a ter problemas e terminou quase cinco segundos atrás de Jorge, que largará no primeiro lugar.

Rossi, que não precisava se arriscar por já estar ciente de que largará da última posição, se arriscou. O italiano vinha rápido e caiu a 30 segundos para o fim do exercício, mas não sofreu ferimentos.

Confira os tempos do treino classificatório e como ficou o grid de largada para o GP da Comunidade Valenciana:

1: Jorge Lorenzo (ESP/ Yamaha) – 1min30s011
2: Marc Márquez (ESP/ Honda) – 1min30s499
3: Dani Pedrosa (ESP/ Honda) – 1min30s516
4: Aleix Espargaró (ESP/ Suzuki) – 1min30s917
5: Cal Crutchlow (ING/ LCR) – 1min30s948
6: Bradley Smith (Tech 3) – 1min31s012
7: Andrea Iannone (ITA/ Ducati0 – 1min31s056
8: Pol Espargaró (ESP/ Tech 3) – 1min31s080
9: Andrea Dovizioso (ITA/ Ducati) – 1min31s245
10: Danilo Petrucci (ITA/ Pramac) – 1min31s292
11: Maverick Viñales (ESP/ Suzuki) – 1min31s340
12: Michele Pirro (ITA/ Ducati) – 1min31s780
13: Stefan Bradl (ALE/ Aprilia) – 1min31s824
14: Hector Barberá (ESP/ Avintia) – 1min31s851
15: Loris Baz (FRA/ Forward) – 1min31s856
16: Nicky Hayden (EUA/ Aspar) – 1min32s083
17: Yonny Hernández (COL/ Pramac) – 1min32s142
18: Álvaro Bautista (ESP/ Aprilia) – 1min32s282
19: Scott Redding (ING/ VDS) – 1min32s448
20: Jack Miller (AUS/ LCR) – 1min32s564
21: Mike Di Meglio (FRA/ Avintia) – 1min32s716
22: Anthony West (JAP/ AB) -1min33s049
23: Eugene Laverty (IRN/ Aspar) – 1min33s066
24: Toni Elías (ESP/ Forward) – 1min33s092
25: Broc Parkes (AUS/ Ioda) – 1min33s577
26: Valentino Rossi (ITA/ Yamaha) – 1min31s471*

*Foi o 12º, mas largará em último por conta de punição relativa à joelhada em Marc Márquez há duas semanas, em Sepang, na Malásia

Deixe seu comentário