Lorenzo bate recorde no circuito em San Marino e lidera treino com folga

São Paulo, SP

12-09-2015 09:16:32

Jorge Lorenzo fez história nos treinos livres do Grande Prêmio de San Marino. Na terceira sessão, disputada neste sábado, o espanhol se tornou o piloto a completar o giro mais rápido da história do circuito Marco Simoncelli, com 1min32s192. O tricampeão em Misano já havia batido o recorde na sexta-feira, quando chegou a 1min32s871 e ultrapassou os 1min32s915 que garantiram a pole a Marc Márquez em 2013.

Logo atrás do espanhol veio o jovem da Honda, 0s229 mais lento. Líder da temporada, o italiano Valentino Rossi cravou 1min32s793 na última volta e subiu para a terceira posição, seguido pelo compatriota da Ducati, Andrea Dovizioso.

Companheiro de equipe de Márquez, Dani Pedrosa não teve o mesmo desempenho com o carro e ficou em quinto lugar. Michele Pirro (Ducati), Bradley Smith (Tech3 Yamaha) e Andrea Iannone (Ducati) vieram na sequência, com tempos abaixo de 1min33s. Iannone enfrentou problemas com o carro no início da sessão e precisou parar na área de escape devido à grande quantidade de fumaça exalada pelo motor. Porém, conseguiu voltar à pista para figurar no top 10.

O nono lugar ficou com o espanhol Pol Espargaró, 0s820 atrás de Lorenzo, enquanto o italiano Danilo Petrucci, da Pramac Ducati, completou a lista dos dez melhores ao virar com 1min33s013.

O resultado, combinado com o das sessões de sexta-feira – segundo no FP1 e primeiro no FP2 -, garantiu a Lorenzo uma vaga direta no Q2 (segunda prova classificatória), a ser disputado na tarde deste sábado. Mais rápido do treino inicial, Márquez também tem vaga assegurada, assim como Pedrosa, Dovizioso, Rossi, Espargaró, Petrucci, Smith, Pirro e Cal Clutchlow.

Lorenzo permanece na ponta na sessão final

Na quarta e última sessão de treinos livres em San Marino, o espanhol passou longe do recorde conquistado anteriormente, mas voltou a encabeçar a classificação com 1min33s063. Márquez foi novamente o segundo, apenas 0s010 atrás do rival, enquanto Pedrosa subiu para terceiro, 0s129 mais lento, seguido por Dovizioso.

Valentino Rossi caiu para a quinta posição, com 1min33s419. Atrás dele vieram Pol Espargaró, o britânico Scott Redding e Iannone, todos a cerca de meio segundo do novo recordista. Smith e Aleix Espargaró, irmão do mais velho de Pol, fecharam entre os dez mais rápidos.

Os pilotos voltam à pista de tarde, quando serão realizados os treinos classificatórios que definem o grid de largada da 13ª etapa da temporada. Principais favoritos ao título, Lorenzo e Rossi devem fazer uma disputa eletrizante, ainda mais depois que o atual bicampeão, Márquez, se distanciou do tri pela queda sofrida em Silverstone. O italiano tem 12 pontos de vantagem em realação ao espanhol.

 

Deixe seu comentário