Motor/Fórmula 1

Toro Rosso confirma Gasly e Hartley como dupla titular em 2018

São Paulo , SP - Brasil
16/11/2017 14:58:09 — 16/11/2017 14:58:45

Em: Fórmula 1, Mais Esportes, Motor

Nesta quinta-feria, a Toro Rosso encerrou o suspense e confirmou Pierre Gasly e Brendon Hartley como sua dupla de pilotos titular para 2018. Os dois novatos entraram com a temporada 2017 já em andamento, estiveram juntos desde o GP do México, correndo também no GP do Brasil. O francês e o neozelandês substituem Daniil Kvyat, que não foi considerado para continuar na escuderia, e Carlos Sainz Jr, que se transferiu para a Renault.

“Estamos muito felizes por confirmar Pierre e Brendon como nossos pilotos para 2018. Durante esta última parte do ano, eles mostraram que estão prontos para a Fórmula 1, se adaptando ao carro rapidamente, mostrando boas performances e sempre demonstrando estarem preparados para o desafio. Como sabemos, a F1 é algo que nem todos os pilotos podem se adaptar tão rápido. Esperamos ter os dois pelo ano que vem inteiro, quando poderemos oferecer um bom pacote, combinando com a consistência dos pilotos. Tenho certeza que os dois darão o seu máximo, junto com o time”, afirmou o chefe da equipe, Franz Tost.

Toro Rosso ainda briga pela sexta colocação no Campeonato de Construtores (Foto: Evaristo Sa/AFP)

O jovem piloto francês, de 21 anos, ainda não teve um final de semana sem problemas, mas se mostrou motivado e confiante para enfrentar os desafios da próxima temporada: “Estou muito feliz por fechar com a Toro Rosso e partir efetivamente para minha primeira temporada na F1. Preciso agradecer a todos que me ajudaram até aqui: Red Bull, Toro Rosso, minha família e todos que me apoiaram nas categorias de base. Estou animado e extremamente motivado para a etapa de Abu Dhabi e todas as do ano que vem”.

Hartley, já mais experiente, também agradeceu à equipe e destacou o desejo de terminar bem esta temporada para começar a próxima embalado: “É incrível para mim o que está acontecendo. Eu recebi uma chance completamente inesperada e agora eu vou ser um piloto da F1 em 2018. Não tinha como estar mais feliz do que isso. Agradeço muito a Red Bull e Toro Rosso pela chance, por meus sonhos terem se tornado realidade. Quero trabalhar duro para fechar em alta 2017 e iniciar 2018 com tudo”.

O último Grande Prêmio do ano acontece entre os dias 24 e 26 de novembro, em Abu Dhabi nos Emirados Árabes. Com 53 pontos conquistados, a Toro Rosso tem apenas quatro pontos de vantagem para a Renault e seis para a Haas, e ainda briga para manter a sexta colocação no campeonato de construtores.