Red Bull troca turbo, e Ricciardo perde cinco posições no grid de largada

José Victor Ligero - São Paulo , SP
09/11/2018 13:58:12 — 09/11/2018 14:01:39

Em: Fórmula 1, Motor

Daniel Ricciardo não começou bem o GP Brasil de Fórmula 1. Nesta sexta-feira, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) puniu o piloto australiano com a perda de cinco posições no grid de largada da corrida do próximo domingo.

A punição se deve pelo fato de a Red Bull ter trocado o turbo do carro de Ricciardo, extrapolando o limite de seis unidades por temporada estabelecido pela entidade que regula o esporte a motor.

“O turbo usado por Daniel Ricciardo é o sexto novo turbo para a temporada 2018, e isso não está em conformidade com o Artigo 23.3ª do Regulamento Esportivo F1 2018. A equipe Red Bull informou o delegado técnico sobre a mudança do turbo em 6 de novembro de 2018, às 11h02”, diz a nota da FIA.

Na manhã desta sexta-feira, Ricciardo foi o quarto piloto mais rápido do primeiro treino livre em Interlagos, com o tempo de 1min09s395, 0s384 atrás do líder da atividade, seu companheiro na Red Bull, Max Verstappen.

O ano não se desenrolou como Ricciardo esperava. Com 146 pontos, o australiano ocupa o sexto lugar do Mundial. Na próxima temporada, ele disputará a F1 pela Renault, após cinco anos na Red Bull.