Motor/Fórmula 1

Red Bull confirma saída de Daniel Ricciardo no fim da temporada

São Paulo , SP
03/08/2018 09:34:56 — 03/08/2018 09:35:25

Em: Fórmula 1, Motor

Quando tudo parecia tudo estar bem encaminhado para que Daniel Ricciardo firmasse a renovação de seu contrato com a Red Bull e findasse as especulações quanto ao seu futuro na Fórmula 1, uma grande reviravolta alterou completamente a situação. Na manhã desta sexta-feira, a RBR confirmou a saída do piloto australiano no fim da atual temporada.

A nota oficial veiculada nesta sexta-feira pela terceira melhor equipe da F1 pega muitos de surpresa justamente pelas última declarações de Ricciardo. Após o GP da Hungria, o piloto afirmou estar próximo de assinar a extensão de seu vínculo e oficializar a permanência antes do GP da Bélgica, dia 26 de agosto. Porém, a mudança no cenário, segundo o site Race Fans, se deve ao iminente acordo com a Renault, que deve ser concretizado pelas partes em breve.

Ricciardo tinha revelado estar próximo de renovar com a Red Bull (Foto: Manan Vatsyayana / AFP)

“Nós respeitamos totalmente a decisão de Daniel de deixar a equipe e desejamos a ele tudo de melhor em seu futuro. Gostaríamos de agradecer pela dedicação e pelo papel que desempenhou na equipe desde que se juntou à nós em 2014, os grande números e os destaques, como as sete vitórias e os 29 pódios que conseguiu até agora”, disse Christian Horner, chefe da Red Bull, que ainda ressaltou a busca por um novo membro.

“Nós vamos continuar a avaliar as inúmeras opções disponíveis para nós antes de decidir qual será o perfil ideal de piloto que será, a partir da próxima temporada, parceiro de Max Verstappen. Nesse meio tempo, ainda restam nove corridas em 2018 e estamos totalmente focados em maximizar todas as oportunidades para Max e Daniel pelo restante da temporada”, comentou.

Membro da Red Bull desde 2014, Ricciardo foi formado na equipe e fez parte do programa de desenvolvimento de pilotos da empresa desde 2008. As conversas por sua renovação, porém, vinham se estendendo há algum tempo. Ambicioso, o australiano revelou que só definiria sua situação ao fim da temporada, quando teria a oportunidade de avaliar o mercado e as melhores opções para ser competitivo ao ponto de conquistar um título.

Com a evolução da equipe nesta temporada, parecia iminente o acordo de extensão com Ricciardo, ainda mais diante da falta de oportunidades que se apresentaram ao piloto diante das renovações de Hamilton e Bottas com a Mercedes e chance de permanência de Raikkonen na Ferrari. Mesmo assim, a saída foi firmada de forma até surpreendente.