Motor/Fórmula 1

Por falta de resultados, diretor da McLaren garante reformulação na equipe

José Victor Ligero - São Paulo , SP
09/11/2018 09:00:53

Em: Fórmula 1, Mais Esportes, Motor

Diretor esportivo da McLaren, o franco-brasileiro Gil de Ferran terá uma enorme responsabilidade no ano que vem: fazer a equipe voltar ao alto escalão da Fórmula 1. Após temporadas frustrantes desde que firmou parceria com a Honda, os britânicos seguem sem sucesso agora com motores Renault, fato que pressiona o dirigente por bons resultados o mais rápido possível.

Como se não bastasse a falta de competitividade do carro, em 2019 a McLaren não contará com seu principal pilar, o espanhol Fernando Alonso, que decidiu se aposentar da Fórmula 1 e alçar novos voos no cenário do automobilismo mundial.

“Estamos reformulando a equipe, melhorando a organização, a comunicação. Uma coisa que posso dizer é que existem muitos talentos dentro da McLaren, a questão é como fazer esse pessoal trabalhar melhor junto. É uma coisa que estou me concentrando muito, mas diria que todos da equipe enxergam isso da mesma maneira. Não dá para especular em relação ao ano que vem. A única coisa que posso dizer é que estamos muito focados, a equipe está super energizada”, afirmou Gil de Ferran.

Ex-piloto de Fórmula Indy, o diretor esportivo da McLaren sabe bem a importância de os pilotos de uma equipe tradicional garantirem bons resultados. A questão, no entanto, não é nada simples. Em 2018, por exemplo, o melhor resultado da equipe aconteceu na Austrália, no primeiro GP do ano, em que Fernando Alonso terminou na quinta colocação. A ilusão durou pouco e faltando duas etapas para o fim do campeonato, os britânicos aparecem apenas na sexta colocação no Mundial de construtores.

“O bom da corrida é que a meta é simples: chegar na primeira colocação. A questão é como você chega lá. De acordo com a minha experiência, você chega lá se preocupando com as coisas que você consegue influencias no dia a dia. Ao mesmo tempo que a gente olha para frente querendo voltar a ser uma equipe que disputa corridas, campeonatos, como fazer isso está em se concentrar no dia a dia e tentar uma decisão boa hoje, outra amanhã e trabalhar bem na reunião”, completou Gil de Ferran.