Motor

Meses após transplante, Niki Lauda volta à UTI para tratar gripe

São Paulo , SP
06/01/2019 09:35:08

Em: Fórmula 1, Motor

A saúde de Niki Lauda segue inspirando cuidados. Logo no começo de 2019, o tricampeão mundial de Fórmula 1 precisou ser internado novamente na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Geral de Viena para tratar de uma gripe.

O quadro gera maiores preocupações devido ao recente transplante de pulmão, realizado em agosto de 2018, que poderia causar novas complicações ao ex-piloto.

Lauda passou por transplante de pulmão há cerca de cinco meses (Foto: AFP)

Seguindo os conselhos médicos, Lauda não deixou a Europa no fim do ano. No entanto, segundo o jornal austríaco Kronen Zeitung, ele teria contraído o vírus durante o Natal, o qual passou em Ibiza, na Espanha, com a família, e precisou regressar ao hospital já que seu sistema imunológico ainda não está funcionando 100%.

Apesar do susto, a equipe médica, a mesma que foi responsável pelo transplante há cinco meses, se mostrou otimista com o caso. Em declaração à emissora austríaca ORF, um porta-voz do Hospital Geral de Viena revelou a possibilidade de alta já na semana que vem.

Aos 69 anos, Lauda foi e é um dos maiores pilotos da história da F1, tendo conquistados três títulos mundiais (1975, 1977 e 1984). Após ter se aposentado em 1985, ele não deixou o mundo do automobilismo e seguiu atuando fora das pistas, sendo atualmente o presidente não-executivo da Mercedes.