Michael Schumacher/ Bastidores

Lutando por recuperação, Schumacher completa 46 anos neste sábado

GazetaEsportiva.net - São Paulo, SP - Brasil
03/01/2015 11:13:00

Em: Fórmula 1, Motor

Envolto em especulações sobre seu estado de saúde, Michael Schumacher completa, neste sábado, 46 anos de vida. Um período que coroou o alemão como o principal nome do automobilismo de todos os tempos, sendo o maior campeão da história do Mundial de Fórmula 1, com sete títulos (1994 e 1995, pela Benetton, e 2000 a 2004, com a Ferrari). O histórico também registra 91 vitórias e 68 pole-positions, recordes da categoria.

Atualmente, o ex-piloto segue na luta pela recuperação de um grave acidente ocorrido na pista de esqui de Méribel, nos Alpes Franceses, no dia 29 de dezembro de 2013. Na ocasião, Schumacher praticava fora da pista regular e escorregou em uma pedra encoberta pela neve, batendo com a cabeça em outra.

Com o forte impacto, o alemão sofreu grave traumatismo craniano, ficando muito perto da morte. Após uma complicada cirurgia para amenizar os problemas na região atingida, teve de ficar internado por seis meses no Centro Hospitalar Universitário de Grénoble, na França. No meio de 2014, foi transferido para uma clínica no Cantão de Vaug, na Suíça, onde ficou até setembro, quando enfim foi levado para dar continuidade à recuperação em casa.

No ano passado, o heptacampeão passou o aniversário no CHU em Grénoble e contou com o apoio de centenas de fãs que fizeram vigília na porta do hospital aguardando notícias do estado de saúde do atleta.

O ex-piloto Michael Schumacher completa neste sábado 46 anos de vida
O ex-piloto Michael Schumacher completa neste sábado 46 anos de vida – Credito: AFP

Recuperação

Após a alta de Schumacher, a assessora de imprensa, Sabine, deu um banho de água fria nos fãs do ex-piloto ao afirmar que o fato de leva-lo para a casa não significava uma melhora considerável em seu estado de saúde.

Na mansão, a esposa do heptacampeão, Corinna, montou uma equipe com cerca de 15 profissionais, entre enfermeiros, médicos e fisioterapeutas, para trata-lo durante todo o dia.

Raras, as notícias sobre Michael Schumacher não são animadoras. A última delas veio em 24 de novembro, quando Sabine avisou que o germânico ainda enfrentaria um longo e difícil processo de reabilitação.

Nesta semana, porém, a revista Autosprint informou que Schumacher não consegue falar, porém está consciente e se comunica com os olhos. Ainda de acordo com a publicação, o ex-piloto chora ao reconhecer vozes da família e não está recluso a uma cama.