Hamilton domina segundo treino e faz volta mais rápida do circuito

São Paulo, SP

20-10-2017 18:31:45

Lewis Hamilton se mostrou soberano nesta sexta-feira no Circuito das Américas, em Austin, no Texas. Depois de encerrar o primeiro treino livre para o GP dos EUA com o melhor tempo, o líder do campeonato foi à pista para a segunda sessão e novamente cruzou a linha de chegada antes que seus concorrentes, cravando a volta mais rápida da história do traçado norte-americano se tratando de Fórmula 1 (1min34s669).

Sebastian Vettel, que ainda se agarra nas poucas chances de se sagrar campeão mundial, não conseguiu fazer frente à Mercedes de seu principal adversário e teve de se contentar com o terceiro lugar, cravando 1min35s192 depois, inclusive, de chegar a perder o controle do carro e sair da pista durante a atividade. Quem ficou à frente do piloto da Ferrari e vice-líder do campeonato foi Max Verstappen, da Red Bull, que superou o quarto melhor tempo conquistado na sessão anterior terminando o dia em segundo lugar (1min35s065).

Daniel Ricciardo foi outro piloto que deixou o ruim desempenho no último treino para trás. O australiano aproveitou a segunda prática da tarde desta sexta e completou sua volta mais rápida em 1min35s463, o suficiente para garantir a quinta colocação. Valtteri Bottas, companheiro de Mercedes de Hamilton, foi o quarto mais rápido do dia (1min35s279), enquanto Kimi Raikkonen, da Ferrari, teve de se contentar com o sexto lugar (1min35s514).

Fernando Alonso, que sequer havia registrado volta cronometrada no primeiro treino livre, registrou o sétimo melhor tempo na segunda sessão, cruzando a linha de chegada em 1min36s304. O brasileiro Felipe Massa novamente figurou entre os dez primeiros, agora na oitava colocação, logo atrás do espanhol bicampeão mundial, cravado 1min36s640.

O segundo treino livre no Circuito das Américas, em Austin, foi marcado pelo retorno de alguns titulares das equipes. Após nomes como Sean Gelael e Charles Leclerc irem à pista na primeira sessão, Daniil Kvyat e Pascal Wehrlein reassumiram seus respectivos postos na última atividade do dia. Já Brendon Hartley, outro novato nos EUA, seguiu substituindo Carlos Sainz, novo piloto da Renault e que se despediu da Toro Rosso no GP do Japão, uma vez que o primeiro suplente, Pierre Gasly, permaneceu em Suzuka para a disputa do título da Super Formula com a Honda.

Se a chuva atrapalhou as equipes e pilotos no primeiro treino livre, em que os carros tiveram que ir à pista inicialmente com pneus intermediários, no fim da tarde desta sexta-feira o clima instável do Texas deu uma trégua, e os compostos específicos para pista seca (ultramacios, supermacios e macios) puderam ser usados por mais tempo, fato que deixou a sessão mais rápida.

Neste sábado os pilotos ainda terão mais uma sessão livre, às 14h (de Brasília), antes do treino classificatório, marcado para 19h, quando o grid de largada para o Grande Prêmio dos EUA de Fórmula 1 começará a ser definido. Neste domingo, Lewis Hamilton já poderá ser campeão caso cruze a linha de chegada em primeiro lugar e Sebastian Vettel termine a corrida na sexta colocação ou abaixo disso. Se terminar em segundo, o piloto da Mercedes terá de torcer para Vettel encerrar a corrida na nona colocação ou abaixo disso, além de Valtteri Bottas não subir no lugar mais alto do pódio.

Confira a classificação completa do segundo treino livre para o GP dos EUA:

Deixe seu comentário