Motor/Fórmula 1

Gasly lidera primeiro treino livre do Grande Prêmio da Grã-Bretanha de F1

São Paulo , SP
12/07/2019 07:56:37 — 12/07/2019 11:51:06

Em: Fórmula 1, Motor

Depois de uma grande vitória de Max Verstappen no GP da Áustria, o bom momento da Red Bull Racing na Fórmula 1 se confirmou mais uma vez na primeira sessão de treinos livres do grande Prêmio da Grã-Bretanha, realizado no circuito de Silverstone. Dessa vez, no entanto, que liderou não foi o holandês, mas sim o jovem Pierre Gasly, que cravou a melhor volta (1m27s173) em sua última volta.

Em busca de melhorar o rendimento após dificuldades no último fim de semana, a Mercedes se estabeleceu em solo inglês com Valtteri Bottas, que ficou em segundo na sessão com tempo de 1m27s629. Max Verstappen (1m28s009), Lewis Hamilton (1m28s122) e Charles Leclerc (1m28s253) completaram o top 5. Sebastian Vettel foi apenas o sexto, fazendo sua melhor volta em 1m28s304.

Os dez primeiros minutos do primeiro treino livre foram marcados por problemas e nenhuma volta cronometrada. Primeiros a irem para a pista, Leclerc e Kvyat reclamaram de problemas no carro. Enquanto o piloto da Ferrari alertou para um rendimento estranho dos freios, o membro da equipe Toro Rosso reclamou do volante do carro estar um pouco torto, dificultando sua condução.

Aos poucos, os carros começaram a marcar seus tempos. O primeiro foi Kubica, com 1m34s735. Apesar de ter melhorado seu tempo, terminou a sessão na lanterna. Depois, quem apareceu para um verdadeiro show de horrores em Silverstone foi Romain Grosjean. Primeiro, ele quebrou a asa dianteira ainda nos boxes. Na segunda metade do treino, o piloto da Haas rodou mais uma vez, dessa vez na pista. George Russel foi mais um que perdeu o controle.

Apesar do tempo longe do ideal no fim das contas, Hamilton foi o primeiro a anotar uma volta considerada rápida, abaixo dos 1m30. Com 1m29s118, o atual campeão e piloto da casa permaneceu um período na ponta, antes de travar uma disputa com o companheiro Valtteri Bottas. Por fim, que levou a melhor foi o finlandês, que fez 1m27s832. Enquanto isso, Kimi Raikkonen teve seu treino interrompido com um problema no carro.

Já na reta final da sessão, a chuva marcou presença em Silverstone. Antes disso, porém, Bottas melhorou seu tempo, assim como Vettel, que subiu momentaneamente para o terceiro lugar. Com o fim dos pingos, os carros foram para suas tradicionais simulações, com exceção da Red Bull, que melhorou seu tempo com Verstappen e coloucou gasly na lidernça já com a bandeira quadriculada.