Fórmula 1 cancela GPs do Brasil e Estados Unidos; três etapas são confirmadas

São Paulo, SP

24-07-2020 11:33:51

A Fórmula 1 deu uma nova atualização sobre o calendário da temporada 2020, fortemente afetada pela pandemia do novo coronavírus. Pela primeira vez desde 1973, o Brasil não receberá a categoria.

Brasil, Estados Unidos e México estão de fora do cronograma deste ano em função da covid-19. A falta do controle do vírus nestes países tornou inviável a realização das provas. O único país das Américas que pode receber uma corrida é o Canadá, mas a realização ainda está em dúvida pela questão de custos.

No comunicado desta sexta-feira, a F1 ainda confirmou mais três GPs. O tradicional circuito de Nurburgring, que não recebia a corrida desde 2013, está de volta, marcado para o dia 11 de outubro. Portimão receberá a categoria pela primeira vez na história em 25 de outubro, marcando a volta da Fórmula 1 ao país depois de 14 anos. Por fim, Imola também volta ao calendário após 13 anos.


A organização da categoria ainda tem nos planos realizar entre 15 e 18 provas este ano. Ao todo, 10 corridas previstas no cronograma inicial (Austrália, Holanda, Mônaco, Azerbaijão, França, Singapura, Japão, Estados Unidos, México e Brasil) foram canceladas. De momento, apenas 13 GPs estão confirmados.

Confira o calendário 2020 da Fórmula 1
5 de julho- GP da Áustria (Spielberg)
12 de julho- GP da Estíria (Spielberg)
19 de julho- GP da Hungria (Hungaroring)
2 de agosto- GP da Inglaterra (Silverstone)
9 de agosto- GP 70º aniversário (Silverstone)
16 de agosto- GP da Espanha (Barcelona)
30 de agosto- GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)
6 de setembro- GP da Itália (Monza)
13 de setembro- GP da Toscana (Mugello)
27 de setembro- GP da Rússia (Sochi)
11 de outubro- GP da Alemanha (Nurburgring)
25 de outubro- GP de Portugal (Portimão)
1 de novembro- GP de Imola (Emilia Romagna)

Deixe seu comentário