De contrato renovado, Button vê 'trabalho não finalizado' na McLaren

São Paulo, SP

20-10-2015 19:41:36

Semanas após renovar seu contrato com a McLaren, o inglês Jenson Button revelou sentir uma sensação de “dever não cumprido” mesmo após seis anos na equipe britânica. Campeão da Fórmula 1 em 2009, o piloto sabe que tanto ele quanto a escuderia chefiada por Ron Dennis podem render mais.

“Há muita coisa que ainda quero alcançar na Fórmula 1. Ron (Dennis) me disse que temos um trabalho não finalizado na F1, e definitivamente não o temos”, disse Button.

“Esse ano tem sido muito difícil para toda a equipe, e ver como todo mundo vem trabalhando junto e como todos estão se unindo em uma situação difícil me ajudou a fazer a decisão (de renovar). Faz com que você perceba que essa equipe dará tudo de si para crescer no futuro. Estou muito animado com isso”, completou.

De fato, a McLaren vem vivendo um ano para se esquecer. Uma das equipes mais tradicionais da categoria, os britânicos vivem, em 2015, uma fase de transição com a implementação do motor Honda. O resultado é a penúltima colocação no Mundial de Construtores, com apenas 19 pontos conquistados.

Apesar das dificuldades, Button crê que a montadora japonesa poderá dar um grande passo a partir da próxima temporada, desenvolvendo o ERS (sistema de recuperação de energia) do carro.

“Não sei o quanto de ganho teremos, mas sei que será algo grande. Existem certas coisas que podem fazer grande diferença, como o acionamento (do ERS). Estamos perdendo muito tempo de volta porque não acionamos tanto quanto outros motores”, avaliou.

O próximo desafio de Button e da McLaren acontece neste final de semana (de 23 a 25 de outubro), com o Grande Prêmio dos Estados Unidos, em Austin.

Deixe seu comentário