Confira a dança das cadeiras da Fórmula 1 após anúncio de Yuki Tsunoda

São Paulo, SP

22/09/22 | 15:39

Por Maria Clara Castro e Rodrigo França
Depois do anúncio da renovação de contrato de Yuki Tsunoda com a AlphaTauri, anunciada nesta quinta-feira, a Fórmula 1 tem apenas mais quatro vagas abertas para a temporada 2023. Alpine, Alfa Romeo, Haas e Williams seguem, cada uma delas, com um cockpit disponível para o ano que vem. As outras seis escuderias do Mundial já definiram suas duplas.
Na Alpine, Esteban Ocon está garantido no grid para 2023, mas não tem companheiro definido. Nomes como Colton Herta, piloto da Indy, e Pierre Gasly foram cotados, mas não chegarão à equipe italiana. Na Alfa Romeo, Valtteri Bottas é nome certo e deverá ter como companheiro GuanYu Zhou, que já está no time ao lado do finlandês.
Na Haas, Kevin Magnussen está confirmado para a próxima temporada da Fórmula 1, enquanto que Mick Schumacher está ameaçado de não seguir no time em 2023. Já na Williams, Alexander Albon seguirá por mais um ano, enquanto que a segunda vaga, neste momento, tende a ser de Logan Sargeant, americano que está na Fórmula 2 e que ocuparia a vaga de Nicholas Latifi.

O nome de Nyck De Vries também é posto em discussão quando o assunto é o segundo assento da Williams, principalmente após o holandês de 27 anos ter classificado melhor que Latifi e já pontuar em seu primeiro GP de Fórmula 1, quando substituiu Albon.
As outras seis equipes já definiram suas duplas. Red Bull, Ferrari, Mercedes e, agora, AlphaTauri, manterão seus atuais pilotos. A McLaren, no entanto, optou por trazer Oscar Piastri para o lugar de Daniel Ricciardo e seguirá com Lando Norris. A Aston Martin, por sua vez, manterá Lance Stroll, filho do dono da equipe, e contará com Fernando Alonso para o lugar de Sebastian Vettel, que se aposentará ao final do ano.
A Fórmula 1 dá sequência à temporada 2022 no dia 2 de outubro com o GP de Cingapura, no circuito de Marina Bay.
Confira como está o grid da Fórmula 1 até o momento para 2023:
Red Bull: Max Verstappen e Sergio Pérez
Ferrari: Charles Leclerc e Carlos Sainz
Mercedes: Lewis Hamilton e George Russell
McLaren: Lando Norris e Oscar Piastri
Alpine: Esteban Ocon
Aston Martin: Fernando Alonso e Lance Stroll
AlphaTauri: Yuki Tsunoda e Pierre Gasly
Alfa Romeo: Valtteri Bottas
Haas: Kevin Magnussen
Williams: Alexander Albon
Deixe seu comentário