Com grid inusitado, GP do Canadá promete surpresas neste domingo

Redação - São Paulo,SP

18-06-2022 20:45:34

por Rodrigo França, de Montreal (Canadá)

A previsão do tempo se confirmou e a chuva deste sábado em Montreal ajudou a produzir um dos grids de largada mais inesperados do ano para o GP do Canadá, que será disputado neste domingo, no Circuit Gilles Villeneuve.

A pole position foi do líder do campeonato, Max Verstappen, da Red Bull, mas ao seu lado estará Fernando Alonso, com a Alpine – o espanhol não largava numa primeira fila há quase dez anos. Além disso, o vice-líder do campeonato, Charles Leclerc, da Ferrari, largará da última fila, após uma troca de motor, e Sergio Perez, terceiro na tabela com a Red Bull, acabou errando no Q2 e sairá apenas em 13o.


Com isso, a expectativa é de mais surpresas para o GP do Canadá deste domingo. E quem garante emoção já nas primeiras voltas é Alonso. “Sei que nosso ritmo mais realístico com pista seca é um top-5, mas vamos para cima na largada, quero muito voltar a liderar um GP. Vamos atacar o Max logo na primeira curva”, disse o espanhol, conhecido por seu um dos melhores pilotos no quesito largada na F1.

Quem também espera tornar a vida de Verstappen mais difícil é Sainz. O piloto espera reagir no campeonato e se colocar em posição de disputa pelo título – já que atualmente Leclerc vem conquistando os melhores resultados para o time de Maranello.

“Talvez fosse melhor para gente um GP com chuva, a gente tinha chance de estar até melhor não fosse um erro na minha última volta e na última curva”, diz Sainz, que luta pela sua primeira vitória na F1.

Com pouco tempo de treino com pista seca – apenas duas sessões de uma hora cada na sexta-feira, os times terão que ir para a corrida de domingo com menos informações que o usual – vale lembrar também que este GP não é realizado desde 2019.

Foi aquela prova da famosa polêmica em que Sebastian Vettel venceu na pista mas levou uma punição de cinco segundos e perdeu o primeiro lugar para Lewis Hamilton (e trocou até a placa de primeiro colocado ao estacionar o carro no parque fechado).

Com um grid incluindo duas Haas no top-10 e, quem diria, o próprio Hamilton na segunda fila com a Mercedes, algo incomum em 2022, o GP do Canadá já começa com surpresas. Se ele terminará assim só mesmo depois da bandeirada para garantir – mas a emoção, pelo menos no início da prova, já está garantida. Que o diga Alonso.

Deixe seu comentário