Motor/Fórmula 1

Chefe da Ferrari diz ser difícil situação de dar ordens a Leclerc

São Paulo , SP
18/04/2019 12:23:20

Em: Fórmula 1, Motor

Além do domínio da Mercedes nos primeiros Grandes Prêmios da temporada, um dos assuntos mais comentados nos bastidores da Fórmula 1 são as “orientações” da Ferrari para que Charles Leclerc dê a preferência a Sebastain Vettel, algo que aconteceu nas três provas da temporada. Para o chefe da escuderia italiana, Mattia Binotto, porém, a decisão é extremamente “difícil”.

“Certamente é difícil, como equipe, dar a ordem”, disse Binotto em declarações citadas ao Motorsport. “Porque nós entendemos os pilotos, eles precisam lutar para ficarem na frente o máximo que puderem”, emendou.

Ferrari tem dado ordens para Leclerc ficar atrás de Vettel (Foto: HU CHENGWEI/AFP)

“Tenho que agradecer a Charles Leclerc. A maneira como ele se comportou novamente mostra que ele está sendo um bom jogador de equipe. Mas acho que haverá um momento em que a situação será reversa. Preciso maximizar os pontos da equipe. Nesse sentido, acho que fizemos a escolha certa”, comentou o chefe da Ferrari.

Em três provas, Leclerc se viu “obrigado” a ficar atrás de Vettel em todas as oportunidades. Na abertura da temporada, no GP da Austrália, o monegasco foi orientado a permanecer atrás do companheiro, assim como no Bahrein, quando o jovem piloto estava prestes a ultrapassar o alemão. No último final de semana, na China, a polêmica se repetiu.

Após a corrida, o próprio Leclerc admitiu certo incômodo com a decisão tomada pela Ferrari, mas indicou que o foco é ajudar a equipe. “Obviamente foi um pouco frustrante, mas por outro lado estou ciente de que no carro você não vê a corrida de forma completa como se vê fora. Então eu apenas aceitei, fiz e foquei na minha corrida”, disse.