Motor/Fórmula 1

Bottas garante a pole-position do Grande Prêmio da Espanha

São Paulo , SP
11/05/2019 11:04:48 — 11/05/2019 11:58:53

Em: Fórmula 1, Motor

A Mercedes segue dominante na atual temporada da Fórmula 1. Na manhã deste sábado, Valtteri Bottas foi o mais rápido no treino classificatório, com tempo recorde de 1m15s406, e fará a pole-position do Grande Prêmio da Espanha.

A segunda posição ficou com Lewis Hamilton, completando a dobradinha da equipe. Sebastian Vettel, da Ferrari, largará em terceiro, com Max Verstappen, da Red Bull, em quarto, e Charles Leclerc apenas na quinta colocação.

O Grande Prêmio da Espanha, no circuito de Barcelona, quinta etapa da temporada 2019 da Fórmula 1, está marcado para às 10h10 (horário de Brasília) deste domingo.

Logo no início da atividade, Hulkenberg perdeu o controle do carro, saiu da pista e bateu contra a proteção, danificando a asa dianteira. Depois do piloto se arrastar até os boxes, Leclerc assumiu a liderança com 1m17s835, enquanto Vettel aparecia em segundo, a 0s233 do companheiro de Ferrari.

Na sequência, Verstappen assumiu a ponta com 1m17s244, mas posteriormente foi ultrapassado por Valtteri Bottas, que cravou 1m17s175. Na reta final do Q1, após consertar a asa, Hulkenberg ainda retornou ao circuito, mas não conseguiu avançar. Assim, além do piloto da Renault, os eliminados foram Stroll, Giovanazzi, Russell e Kubica.

Q2

Logo no início da segunda etapa da atividade, Lewis Hamilton já mostrou que não estava para brincadeira. O britânico cravou 1m16s038, recorde extra-oficial da pista, para já pular para a liderança.

O segundo lugar estava com Valtteri Bottas, 0s231 mais lento que o companheiro de Mercedes. O terceiro era Sebastian Vettel, a 0s629 do líder.

Em um final de Q2 muito movimentado, ainda houve tempo para Bottas bater o recorde de Hamilton, fazendo 1m15s924 para assumir a ponta. Os eliminados foram Norris, Albon, Sainz, Raikkonen e Perez.

Q3

Depois de conseguir a melhor volta em dois dos três treinos livres, Valtteri Bottas queria ser o mais rápido também na classificação, e mostrou isso logo na primeira volta do Q3. O finlandês voou para assumir a liderança com o recorde de 1m15s406. Hamilton, com muitos erros, aparecia em segundo com 1m16s040.

Na sua primeira tentativa, Charles Leclerc não foi bem. O monegasco aparecia apenas na quinta colocação, atrás de Max Verstappen.

Na segunda tentativa, nenhum dos três primeiros colocados conseguiu melhorar a volta rápida. A expectativa então ficou em cima de Charles Leclerc, que veio depois com a chance de assumir a pole. O monegasco, no entanto, decepcionou, ficando mesmo em quinto lugar.

Foto: Reprodução