Alonso vê Q3 como improvável, mas fala em somar pontos no domingo

José Victor Ligero e Marcelo Baseggio - São Paulo , SP
09/11/2018 19:16:20

Em: Fórmula 1, Motor

Fernando Alonso fez uma análise realista do que pode vir a encontrar em seu último GP Brasil de Fórmula 1. Após participar apenas do segundo treino livre desta sexta-feira, em Interlagos, o piloto da McLaren disse ser pouco provável entrar na parte decisiva do qualificatório deste sábado.

“A classificação é mais difícil para nós. Todos sabem que gostaríamos de colocar sempre dois carros no Q3, mas não temos conseguido há algumas corridas. E não creio que isso vai mudar magicamente. Mas, para esta corrida, os pontos são o objetivo e, para isso, sabemos que seria bom sair em 11º ou 12º”, afirmou o espanhol, em entrevista coletiva.

Com sua aposentadoria da F1 definida, Alonso correrá em Interlagos pela última vez como piloto da categoria. As boas lembranças do traçado paulistano o motivam a querer ao menos completar a prova, algo que não aconteceu nos últimos dois GPs – Estados Unidos e México – por problemas no carro.

“Ultimamente as minhas corridas têm sido muito curtas. Espero que aqui não seja assim. Vou procurar desfrutar das 70 voltas. Eu aproveito quando corremos e fazemos todo o possível. Às vezes, você faz uma corrida em bom ritmo, mas não pontua. Vamos ver se ao menos terminamos a corrida no domingo”, concluiu.

Nesta sexta-feira, Fernando Alonso foi apenas o 13º piloto mais rápido do segundo treino livre, com o tempo de 1min10s332, 1s486 atrás do líder Valtteri Bottas, da Mercedes. A duas etapas do fim do Mundial 2018, o asturiano ocupa o décimo lugar com 50 pontos.