MotoGP

Dovizioso vence no Japão e reduz vantagem de Márquez a 11 pontos

São Paulo , SP
15/10/2017 08:36:39

Em: Motor
Com cinco vitórias, assim como Marc Márquez (244 pontos), Andrea Dovizioso tem 233 pontos (Foto: Toshifumi Kitamura/AFP)

A temporada da MotoGP definitivamente está aberta depois do GP do Japão. Depois de largar na nona colocação, o italiano Andrea Dovizioso venceu a prova em Motegi, que foi marcada por forte chuva, neste domingo, após terminar a corrida em 47min14.236, e diminuiu a diferença para o líder Marc Márquez para apenas 11 pontos.

Após largar na terceira colocação, o espanhol assumiu a liderança no meio da prova. O piloto da Ducati o seguiu e um duelo entre os dois começou. Com seis voltas para o fim, Dovizioso assumiu a liderança, entretanto Márquez retomou a primeira posição duas voltas depois. A decisão desta etapa foi na última volta. O italiano aproveitou um erro do piloto da Honda e conseguiu subir ao lugar mais alto do pódio.

Apesar de não terminado na primeira colocação, Marc Márquez bateu um recorde neste domingo. Ele superou Valentino Rossi, que abandonou a prova, e se tornou o piloto mais jovem a conquistar 100 pódios no Mundial de Motovelocidade. Com 24 anos e 240 dias, o espanhol supera o italiano por quatro dias a menos.

O italiano Danilo Petrucci, que chegou a liderar a prova, terminou o GP do Japão na terceira colocação. Já o francês Johann Zarco, que largou na pole position, foi o sétimo a cruzar a linha de chegada em Motegi. Andrea Iannone, Aleix Rins e Jorge Lorenzo terminaram, respectivamente, em quarto, quinto e sexto. Os dois primeiros tiveram seus melhores resultados do ano.

Maverick Viñales não conseguiu ter uma boa prova após largar em 14º e se distanciou dos dois líderes do Mundial. Valentino Rossi, que caiu na sexta volta, não tem mais chances matemáticas de ser campeão em 2017.

Confira a ordem de chegada:
1 – Andrea Dovizioso (Itália/Ducati)
2 – Marc Márquez (Espanha/Honda)
3 – Danilo Petrucci (Itália/Ducati)
4 – Andrea Iannone (Itália/Suzuki)
5 – JAlex Rubs (Espanha/Suzuki)
6 – Jorge Lorenzo (Espanha/Ducati)
7 – Aleix Espargaro (Espanha/Aprilia)
8 – Joahann Zarco (França/Yamaha)
9 – Maverick Viñales (Espanha/Yamaha)
10 – Loris Baz (França/Ducati)
11 – Pol Espargaro (Espanha/KTM)
12 – Katsuyuki Nakasuga (Japão/Yamaha)
13 – Sam Lowes (Grã Bretanha/Aprilia)
14 – Hector Barbera (Espanha/Ducati)
15 – Tito Rabat (Espanha/Honda)
16 – Scott Redding (Grã Bretanha/Ducati)
17 – Bradley Smith (Grã Bretanha/KTM)
18 – Hiroshi Aoyama (Japão/Honda)