Motor/MotoGP

Dovizioso trava boa luta com espanhois e vence em Barcelona

São Paulo , SP
11/06/2017 10:16:33 — 11/06/2017 10:27:57

Em: Motor
Italiano vence segunda prova seguida e entra de vez na briga pelo mundial – Foto: AFP/Josep Lago

A corrida deste final de semana na MotoGP, em território espanhol, dava indicações de que seria vencida por um dos pilotos do país, com base no que foi mostrado pelos competidores nos treinamento. No entanto, foi um um italiano que cruzou a linha de chegada na primeira colocação. Sem projeções de que brigaria por título antes do GP da Itália, a realidade de Andrea Dovizioso mudou bastante desde o GP em sua terra natal e o deste sábado, na Catalunha. O piloto conseguiu em Barcelona a sua segunda vitória consecutiva na MotoGP, aproximando-se ainda mais da ponta do mundial.

Para vencer, no entanto, o italiano precisou superar dupla de espanhois com sua Ducati. Diante de Dani Pedrosa, que largou na pole position, e Marc Márquez, Dovizioso teve disputa acirrada durante a maior parte da prova, mas soube tomar as decisões certas na hora de atacar e foi premiado pela regularidade.

O triunfo deixa o piloto da Ducati com 104 pontos, ainda na vice-liderança do ranking geral da temporada, no entanto, com uma diferença menor para o espanhol Maverick Viñales, ainda o líder com 111 pontos, e que na prova deste sábado terminou na décima posição.

Márquez conseguiu ir ao pódio em segundo ao demonstrar solidez para se manter constante na busca pelas posições mais altas mesmo após um final de semana em que os treinamentos não pareceram mostrar sua melhor forma. O atual campeão mundial é o terceiro no mundial, somando 88 pontos.

Pedrosa, que chegou a perder a liderança para Jorge Lorenzo na parte inicial da corrida, seguiu regular e conseguiu recuperá-la após uma queda de rendimento do oponente. Apesar de segurar suas condições até as voltas finais, os ataques de Márquez e Dovizioso o fizeram terminar na terceira colocação.

Lorenzo foi o quarto após não conseguir manter o ímpeto que mostrou na primeira metade da prova, quando brigou abertamente pela vitória. Valentino Rossi fez corrida de recuperação devido a sua largada em posição baixa, ameaçou chegar em um posto mais alto, mas terminou apenas como o oitavo.

Confira a classificação final do GP da Catalunha:

1: Andrea Dovizioso (ITA/Ducati): 44min41seg518
2: Marc Márquez (ESP/Honda): +3seg544
3: Dani Pedrosa (ESP/Honda): +6seg774
4: Jorge Lorenzo (ESP/Ducati): +9seg608
5: Johann Zarco (FRA/Yamaha): +13seg838
6: Jonas Folger (ALE/Yamaha): +13seg921
7: Alvaro Bautista (ESP/Ducati): +16seg763
8: Valentino Rossi (ITA/Yamaha): +20seg821
9: Hector Barberá (ESP/Ducati): +23seg952
10: Maverick Viñales (ESP/Yamaha): +24seg189
11: Cal Crutchlow (GBR/Honda): +28seg329
12: Loris Baz (FRA/Ducati): +33seg281
13: Scott Redding (GBR/Ducati): +35seg200
14: Karel Abraham (CZE/Ducati): +39seg436
15: Tito Rabat (ESP/Honda): +40seg872
16: Andrea Ianonne (ITA/Suzuki): +43seg221
17: Sylvain Guintoli (FRA/Suzuki): +44seg655
18: Pol Espargaró (ESP/KTM): +48seg993
19: Sam Lowes (GBR/Aprilia): +55seg492

Não completaram:

Danilo Petrucci (ITA/Pramac)
Aleix Espargaró (ESP/Aprilia)
Jack Miller (AUS/Honda)