Depois de alagamento, Peterhansel vence 4ª etapa do Dakar nos carros

São Paulo, SP

06-01-2016 15:57:45

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A etapa desta quarta-feira marcou a primeira “maratona” do Rali Dakar 2016, já que os pilotos não contam mais com assistência mecânica e tampouco podem mexer nos equipamentos dos carros. Tudo isso em um local com altitude média de 3.500 metros e em meio à lama ocasionada pelo temporal que se abateu em Jujuy na madrugada, quando os acampamentos dos pilotos chegaram a ficar inundados em 15 cm.

Quando finalmente os pilotos iniciaram a disputa do dia, a França manteve a supremacia na atual edição do Dakar. Na quarta etapa da competição, em San Salvador de Jujuy, na Argentina, foi a vez de Stephane Peterhansel cravar o melhor tempo, com 3h42min42s, e superar o compatriota Sebastien Loeb, vencedor das outras duas etapas, e que também corre com um Peugeot.

O segundo lugar ficou com o espanhol Carlos Sainz, que finalizou a especial de 429 km em 3h42min53s. O francês Sebastian Loeb ficou na terceira colocação, com 3h43min09s, mas segue na liderança geral da categoria carros, com tempo de 9h44min51s.

A vitória fez Peterhansel e seu copiloto Jean Paul Cottret subirem para a vice-liderança, a 4min48s dos líderes. Em terceiro, mais afastado, aparece Nasser Al-Attiyah, do Catar, a 11min09s dos líderes. O brasileiro João Antonio Franciosi, ao lado de Gustavo Gugelmin, ficou em 35º na especial do dia, e aparece em 40º no ranking geral, com 11h42min14s.

Na próxima etapa do Dakar, marcada para esta quinta, os pilotos deixarão a Argentina e se deslocarão até Uyuni, no sul da Bolívia, a 4.500 m de altitude.

Motos - O espanhol Joan Barrada voltou a vencer uma etapa do Dakar entre as motos, mas, assim como nesta terça-feira, foi penalizado e perdeu a ponta. O piloto da Honda liderou absoluto a prova, com tempo de 4h05min11s, mas perdeu cinco minutos por excesso de velocidade e caiu para 4º.

Com isso, a vitória ficou com o português Paulo Gonçalves, que finalizou o trecho em 4h07min19s. O piloto lusitano da Honda também tomou a liderança na classificação geral das motos, com tempo de 10h35min17s, 2min17s a mais que o segundo colocado, o argentino Kevin Benavides. Agora com seis minutos totalizados de punição, Barrada ocupa a terceira posição, com 10h38min20s.

O brasileiro Jean de Azevedo voltou a evoluir depois do início ruim no Dakar e ficou com a 35ª colocação, com tempo de 4h26min10s. Na classificação geral, Jean, no entanto, segue na última colocação, 90º, com 13h30min08s.

Quadriciclos - O brasileiro Marcelo Medeiros não teve um bom dia na categoria dos quadriciclos. Depois do terceiro lugar conquistado na etapa desta terça, o piloto da Yamaha ficou com o 6º lugar na quarta etapa, com tempo de 5h13min48s. A liderança do dia foi do argentino Marcos Patronelli, também da Yamaha (5h09min15s).

Apesar do dia ruim, Medeiros segue na vice-liderança geral dos quadriciclos, com 12h23min26s. o brasileiro está a 12min06s do primeiro colocado, o chileno Ignacio Casale, que nesta quarta-feira ficou com o terceiro posto.

Caminhões - O trio liderado pelo holandês Gerard De Rooy venceu a quarta etapa do Dakar na categoria caminhões, com tempo de 3h58min16s. Apesar da vitória, de Rooy segue em quarto na classificação geral, que tem como líder o também holandês Pietr Versluis.

Confira os resultados da terceira etapa do Rali Dakar – Jujuy a Jujuy:

Carros
1. Stephane Peterhansel (FRA)/Jean Paulo Cottret (FRA) – Peugeot – 3h42min42s
2. Carlos Sainz (ESP)/Lucas Cruz (ESP) – Peugeot – 3h42min53s
3. Sebastien Loeb (FRA)/Daniel Elena (MON) – Peugeot – 3h43min09s
4. Nasser Al-Attyah (CAT)/ Matthieu Baumel (FRA) – Mini – 3h47min39s
5. Cyril Despres (FRA)/David Castera (FRA) – Peugeot – 3h48min26s

Motos
1. Paulo Gonçalves (POR/Honda) – 4h07min19s
2. Ruben Faria (POR/Husqvarna) – 4h09min54s
3. Kevin Benavides (ARG/Honda) – 4h09min56s
4. Joan Barreda (ESP/Honda) – 4h10min30s
5. Toby Price (AUS/KTM) – 4h11min20s

Quadriciclos
1. Marcos Patronelli (ARG/Yamaha) - 5h09min15s
2. Alexis Hernandez (PER/Yamaha) - 5h09min31s
3. Ignacio Casale (CHI/Yamaha) - 5h09min40s
4. Alejandro Patronelli (ARG/Yamaha) - 5h13min04s
5. Mohammed Abu-Issa (CAT/Honda) - 5h13min27s

Caminhões
1. de Rooy (HOL)/Torrallardona (ESP)/Rodewald (POL) - Iveco - 3h58min16s
2. Versluis (HOL)/Pronk (HOL)/Klein (ALE) - MAN - 3h58min53s
3. Stacey (HOL)/Serge (BEL)/Van der Vaet (HOL) - MAN - 3h59min34s
4. Villagra (ARG)/Perez Companc (ARG/Memi (ARG) - Iveco - 4h02s
5. Nikolaev (RUS)/Yakolev (RUS)/Rybakov (RUS) - Kamaz - 4h01min48s

Confira o resultado geral do Dakar:

Carros
1. Sebastien Loeb (FRA)/Daniel Elena (MON) – Peugeot – 9h44min51s
2. Stephane Peterhansel (FRA)/Jean Paulo Cottret (FRA) – Peugeot – 9h49min39s
3. Nasser Al-Attyah (CAT)/ Matthieu Baumel (FRA) – Mini – 9h56min
4. Leeroy Poulter (AFS)/Robert Howie (AFS) – Toyota – 9h57min22s
5. Carlos Sainz (ESP)/Lucas Cruz (ESP) – Peugeot – 9h57min55s

Motos
1. Paulo Gonçalves (POR/Honda) – 10h35min17s
2. Kevin Benavides (ARG/Honda) – 10h37min34s
3. Joan Barreda (ESP/Honda) - 10h38min20s
4. Stefan Svitko (ESL/KTM) – 10h40min39s
5. Ruben Faria (POR/Husqvarna) – 10h40min41s

Quadriciclos
1. Ignacio Casale (CHI/Yamaha) - 12h11min20s
2. Marcelo Medeiros (BRA/Yamaha) - 12h23min26s
3. Alejandro Patronelli (ARG/Yamaha) - 12h25min12s
4. Alexis Hernández (PER/Yamaha) - 12h27min05s
5. Marcos Patronelli (ARG/Yamaha) - 12h29min10s

Caminhões
1. Versluis (HOL)/Pronk (HOL)/Klein (ALE) - MAN - 10h02min34s
2. Stacey (HOL)/Serge (BEL)/Van der Vaet (HOL) - MAN - 10h02min49s
3. Villagra (ARG)/Perez Companc (ARG/Memi (ARG) - Iveco - 10h04min38s
4. de Rooy (HOL)/Torrallardona (ESP)/Rodewald (POL) - Iveco - 10h07min33s
5. Mardeev (RUS)/Belyaev (RUS)/Svistunov (RUS) - Kamaz - 10h12min01s

 

Deixe seu comentário