Cruzeiro vence UPCN e é hexacampeão sul-americano de vôlei

São Paulo, SP

02-03-2019 22:26:43

A torcida cruzeirense, que lotou a Arena Minas na noite deste sábado, viu o Cruzeiro se tornar hexacampeão sul-americano de vôlei masculino. A equipe celeste enfrentou o UPCN, da Argentina, e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 25/18, 21/25 e 25/16. Com mais um título sul-americano, o Cruzeiro disputará o Mundial de Clubes de 2019 tentando o tetracampeonato.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou a seis títulos do Sul-Americano de clubes masculino — o quarto consecutivo — e se tornou o maior campeão do torneio de forma isolada, deixando para trás os pentacampeões Banespa e Paulistano. Maior campeão sul-americano da Argentina, o UPCN buscava seu terceiro título.

Embalado pela virada espetacular na semifinal, o Cruzeiro entrou em quadra com tudo e abriu vantagem no início do primeiro set. A equipe brasileira, com muita torcida, administrou a vantagem no decorrer da parcial e venceu por 25 a 19 sem grandes dificuldades.

O segundo set foi praticamente um reprise do primeiro. Aproveitando um jogo abaixo do esperado do UPCN, o Cruzeiro não teve problemas para abrir vantagem confortável no início da parcial e mantê-la até o final. Novamente sem dificuldades, o Cruzeiro venceu por 25 a 18 e ficou a um set do hexacampeonato sul-americano.

Tentando evitar a derrota, o UPCN voltou à quadra para o terceiro set mais ligada e, pela primeira vez, conseguiu marcar pontos em sequência. Além disso, o Cruzeiro demonstrou falta de concentração em alguns momentos e, depois de sair na frente, permitiu a virada e perdeu a parcial por 25 a 21.

No quarto set, brilhou a estrela de Evandro. O oposto cruzeirense desequilibrou, levando a melhor no duelo particular contra o oposto polonês Bartman, e foi o principal responsável pela recuperação do time. Sem conseguir parar o Cruzeiro, o UPCN se desconcentrou e perdeu a parcial por 25 a 16. Vitória e título para o Cruzeiro, que disputará mais uma vez o Mundial de Clubes.

Minas é derrotado na disputa pelo terceiro lugar

Também neste sábado, o Minas enfrentou o Obras de San Juan, da Argentina, na disputa do terceiro lugar e acabou derrotado. A equipe argentina venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/20, 22/25, 26/24 e 25/17 e completa o pódio do Sul-Americano de clubes.

Deixe seu comentário