Vôlei/Superliga Feminina

Camila Brait renova com o Osasco para mais uma temporada

São Paulo , SP
04/06/2019 13:32:07

Em: Mais Esportes, Vôlei
Camila já defende o Osasco há mais de dez anos (Foto: João Pires/Fotojump)

Camila Brait parte para o 12° ano consecutivo defendendo a camisa de Osasco. Primeiro nome anunciado oficialmente pelo Osasco Voleibol Clube para a temporada 2019/20 nesta segunda-feira (3), a líbero sabe que vai ser um período especial. Isso porque ela já programa a estreia da filha, Alice, em jogos no ginásio José Liberatti. “A Alice adora bola e já a ensino a dar manchete (risos). Agora ela está maiorzinha (tem um ano e sete meses) e a levarei várias vezes para assistir a mamãe jogar. Vai ser emocionante”, garante a atleta.

Em Osasco desde 2007, Camila Brait explica que a renovação de contrato veio de modo natural. “Foi muito tranquilo, pois me sinto em casa no José Liberatti. Minha intenção de renovar sempre foi muito grande, pois conheço toda a comissão técnica, especialmente o Luizomar. Tenho um carinho muito grande por eles e também pela nossa torcida, que é maravilhosa. Não posso deixar de agradecer ao prefeito Rogério Lins, pois o apoio da Prefeitura tem feito toda a diferença no nosso projeto”, explica a líbero, que também fala sobre as expectativas para a temporada 2019/20. “Nosso clube tem uma tradição muito grande. Então, iremos brigar por títulos sempre. Osasco é gigante e vamos com tudo novamente.”

O técnico Luizomar comemora a continuidade da parceria com Brait. “A Camila chegou em Osasco com apenas 19 anos anos. Aqui ela cresceu, casou, formou família e se tornou mamãe. Tenho um carinho muito grande por ela, que é uma pessoa incrível e uma jogadora fora de série. Tem uma identidade enorme com a nossa camisa e nossa torcida. Por tudo isso, é uma alegria enorme disputar mais uma temporada tendo aquela que, não minha opinião e de muitos especialistas, é a maior líbero do Brasil”, atesta o treinador osasquense.

Atuando pelo clube, Brait conquistou diversos títulos e seu desempenho rendeu um lugar como titular da seleção brasileira entre 2014 e 2016. Camila foi campeã da Superliga nas temporadas 2009/10 e 2011/12; do Paulista nas edições de 2007, 2008, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017; do Sul-Americano em 2009, 2010, 2011 e 2012, da Copa Brasil 2014 e 2018; do Top Volley 2014 e do Mundial de Clubes 2012.