Mais Esportes/Vôlei de Praia

Evandro e Bruno Schmidt vão às semis da etapa de Varsóvia

São Paulo , SP
15/06/2019 14:53:38 — 15/06/2019 14:57:26

Em: Mais Esportes, Vôlei de Praia

Das quatro duplas brasileiras que pisaram na areia, apenas Evandro e Bruno Schmidt superaram, neste sábado (15), adversários pelas oitavas e quartas de final da etapa quatro estrelas de Varsóvia (Polônia), no Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. Com isso, a dupla garantiu presença na disputa da semifinal do torneio, o último antes da Copa do Mundo de vôlei de praia, que ocorre no final deste mês. Evandro e Bruno lideram a corrida olímpica brasileira rumo aos Jogos de Tóquio-2020.

Apenas uma dupla brasileira se mantem viva na etapa (Foto: Divulgação/FIVB)

A semifinal acontece neste domingo (16), às 6h15 (de Brasília), contra os russos Semenov e Leshukov. Os times já se enfrentaram uma vez na história, com vitória dos brasileiros, em etapa realizada no início do mês, na República Tcheca. Na outra semifinal, os noruegueses Mol e Sorum encaram os russos Krasilnikov/Stoyanovskiy por um lugar na final, que também acontece no domingo, em horário que ainda será divulgado.

Evandro comentou a vitória contra dois times fortes no caminho até a semifinal e a importância para que a dupla ganhe um padrão de jogo cada vez maior. “Estamos buscando sempre fazer o torneio ser o mais longo possível, estender ao máximo nossa participação, pois nossa dupla está em construção, estamos adquirindo um formato tático. Vencer jogos contra grandes duplas, como os letões e os russos, é muito importante neste processo, mas sabemos que já ficou para trás. Esta bastante quente, temos que descansar e nos hidratar. Vamos manter a concentração, humildade, estudar o time russo e buscar apresentar nosso melhor”, declarou.

A dupla superou nas quartas de final os russos Liamin/Myskiv em uma verdadeira batalha em três sets, com parciais de 24/26, 26/24, 15/7, em 1h09, na partida mais longo do torneio até agora. Horas antes pelas oitavas de final, Evandro e Bruno superaram os letões Samoilovs e Smedins, bicampeões do Circuito Mundial em 2013 e 2014, também no tie-break, com parciais de 18/21, 21/18, 15/12, em 56 minutos de duração.

Evandro e Bruno Schmidt estão invictos até aqui em Varsóvia, com quatro vitórias em quatro jogos. A dupla já subiu ao pódio do Circuito Mundial em 2019, ficando com a prata na etapa quatro estrelas de Jinjiang, na China. Eles lideram a corrida olímpica brasileira, que define os dois times em cada gênero escolhidos para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos.

Outros dois times do país deram adeus ao torneio neste sábado. Alison e Álvaro Filho começaram o dia superando os chilenos Esteban e Marco Grimalt nas oitavas de final, por 2 sets a 1 (19/21, 21/19, 15/12), em 51 minutos. Horas depois, acabaram caindo para os russos Krasilnikov/Stoyanovskiy por 2 sets a 0 (21/14, 21/16), em 38 minutos. O quinto lugar rende 480 pontos no ranking e uma premiação de cerca de R$ 24 mil ao time.

Pedro Solberg e Vitor Felipe foram superados uma rodada antes, nas oitavas de final do torneio em Varsóvia. Eles foram vencidos pelos noruegueses Anders Mol e Christian Sorum por 2 sets a 0 (21/15, 25/23), em 40 minutos, somando 400 pontos no ranking pela nona colocação e recebendo um prêmio de cerca de R$ 16 mil.