Em final brasileira, Ágatha e Duda levam ouro em Ostrava

São Paulo, SP

03-06-2019 11:50:57

O Brasil chegou à sua 61ª dobradinha feminina de ouro e prata na história do Circuito Mundial de Vôlei de praia. Em Ostrava, na República Tcheca, a dupla Ágatha/Duda (PR/SE) superou Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) no último domingo, enquanto as holandesas Keizer e Meppelink fecharam o pódio com o bronze.

Duda e Ágatha com o troféu de Ostrava<br />(Getty Image/FIVB)

A final foi uma revanche da disputa do terceiro lugar em Jijang, na China, na última semana. Ágatha/Duda levaram a melhor por 2 sets a 0, parciais de 21/19 e 21/17, e, com o título, a dupla soma agora 800 pontos no ranking mundial e conseguiu subir uma posição na corrida olímpica brasileira - estão em segundo, com 2240 pontos. Ana e Rebecca somaram 720 pontos com a medalha de prata e seguem na liderança com 2560 pontos.

"No ano passado eu vi as meninas da casa vencerem e ficarem com o troféu que eu achei tão bonito, e agora estamos com ele em nossas mãos. Para chegar neste título precisamos redobrar nossa atenção, principalmente depois que perdemos um jogo na fase de grupos. Tivemos um caminho árduo até chegarmos nessa decisão, tivemos times fortes da Austrália, dos Estados Unidos e agora um grande time do Brasil pela frente, tivemos que dar o nosso máximo para chegar nessa medalha", avaliou Ágatha.

Para chegarem à decisão em Ostrava, Ágatha e Duda passaram pela tricampeã olímpica Kerri Walsh-Jennings e a parceira Brooke Sweat (EUA) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14). Ana Patrícia e Rebecca venceram, na semifinal, Keizer/Meppelink (HOL) por 2 sets a 0 (21/12 e 22/20). O Circuito Mundial continua em Varsóvia, na Polônia, entre os dias 11 e 16 de junho.

Em Nantong, dupla Carol Horta/Ângela fica com a prata

Carol Horta e Ângela foram finalistas na China<br />(Getty Image/FIVB)

O Circuito Mundial de vôlei de praia também teve etapa na China no último final de semana. Simultaneamente com a parada em Ostrava, Nantong recebe um evento duas estrelas apenas para times femininos e o Brasil chegou no pódio por lá.

A dupla formada por Carol Horta e Ângela ficou com a prata. Na semifinal elas passaram pelas russas Dabizha/Rudykh por 2 sets a 0 (21/17 e 21/17), mas não resistiram à pressão da torcida local e foram superadas por uma equipe da casa, H Wen/Z Wang. As chinesas levaram a melhor por 2 sets a 1 (9/21, 21/18 e 12/15). Com o resultado, as brasileiras somaram 360 pontos no ranking e levaram um prêmio de três mil dólares.

Deixe seu comentário