Vice-presidente de Comitê Organizador de Tóquio 2020 renuncia

São Paulo, SP

21/12/15 | 11:23

Akio Toyoda deixará o cargo para estreitar relações comerciais com a Rio 2016 (Foto: Reprodução/Twitter)
Akio Toyoda deixará o cargo para estreitar relações comerciais com a Rio 2016 (Foto: Reprodução/Twitter)

O vice-presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Akio Toyoda, anunciou nesta segunda-feira que deixará o cargo para priorizar relações empresariais com os organizadores das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

Toyoda também é presidente da Toyota, gigante montadora japonesa. Mesmo com a renúncia, o dirigente continuará fazendo parte do Comitê Organizador dos Jogos de 2020, já que é o principal representante da Kendanren, que tem representação na entidade. No corpo gestor do Comitê há seis vice-presidentes, incluindo membros do governo japonês, do Comitê Olímpico e outras instituições.

“Creio que é de vital importância que o Comitê Organizador e as empresas japonesas reforcem sua colaboração com os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Por isso decidi reorganizar minhas tarefas e intensificar meus esforços para apoiar a comunidade empresarial, visando realizar bons Jogos Olímpicos em 2020”, afirmou Toyoda.

Kazuhiro Tsuga, presidente da Panasonic, outra gigante empresa japonesa, assumirá o cargo de Toyoda no Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Toyota e Panasonic são patrocinadoras das Olimpíadas de 2020 e terão voz ativa no corpo gestor.

Deixe seu comentário