Três são presos por envolvimento em morte da filha de Tyson Gay

São Paulo, SP

17-10-2016 15:51:07

Três homens foram presos neste domingo por envolvimento na morte de Trinity Gay, de 15 anos, filha do velocista e ex-medalhista olímpico Tyson Gay. O crime ocorreu na madrugada de domingo, em Lexington (EUA), durante um tiroteio no qual a garota foi atingida por uma bala perdida.

A polícia identificou Dvonta Middlebrooks, de 21 anos, como autor dos disparos, e prendeu-o por homicídio e posse de arma de fogo. Além dele, Chazerae Tayor (38) e seu filho D’Markeo (19) também foram detidos. O tiroteio aconteceu entre dois carros estacionados, no entanto, os motivos permanecem sob investigação.

O crime chocou o estado de Kentucky e o próprio Tyson Gay. “É muito louco. Não consigo entender o que aconteceu”, disse o atleta em entrevista ao canal de TV WLEX. O corredor foi medalhista de prata no revezamento 4x100m nas Olimpíadas de Londres, mas perdeu a medalha meses depois por doping.

Aos 15 anos, Trinity seguia os passos do pai no esporte. Segundo a imprensa norte-americana, a garota vinha mostrando potencial em torneios amadores de atletismo do estado de Kentucky.

Deixe seu comentário