Gazeta Esportiva

Veja o que Nadal e Djokovic precisam fazer para ficar com o topo do ranking

São Paulo, SP

29/10/18 | 18:09 - 29/10/18 | 18:14

Djokovic e Nadal são os melhores tenistas da temporada (Foto: AFP)

Dois dos maiores tenistas da história, Rafael Nadal (líder) e Novak Djokovic (vice-líder) jogarão o Masters 1000 de Paris não apenas para conquistar o título, mas também para começarem a semana que vem no topo do ranking mundial. Os dois estão separados por apenas 225 pontos e tem objetivos diferentes: enquanto o espanhol defende quartas de final e busca o troféu inédito, o sérvio não jogou no ano passado e almeja a quinta conquista em solo parisiense.

No momento, o Touro Miúra lidera com 7660 pontos e tenta um resultado melhor do que no ano passado, quando caiu nas quartas de final, ao desistir antes do duelo diante de Filip Krajinovic, sérvio sensação que terminou com o vice-campeonato.

https://twitter.com/ATPWorldTour/status/1056882196173283328

Já Nole não participou na edição do ano passado, pois ainda buscava se recuperar da lesão que o tirou das quadras por meses. Por isso, o sérvio vem ainda mais motivado para conseguir um bom resultado e conquistar mais uma vez o torneio.

https://twitter.com/ATPWorldTour/status/1056914191121084416

Além de decidir quem ficará com a liderança do ranking, também será mais uma disputa acirrada entre os dois tenistas em fazer história. Com 33 títulos de Masters 1000, Nadal é o recordista de conquistas em torneios dessa categoria e com 32, Djokovic vem logo atrás e pode igualar o feito caso conquiste pela quinta vez o Masters 1000 de Paris.

Curiosamente, no ano passado, o torneio de Paris teve uma final muito inesperada, já que o americano Jack Sock e o sérvio Filip Krajinovic disputaram a grande decisão pelo título do último Masters 1000 da temporada. De virada, o norte-americano superou uma das maiores zebras da história do tênis mundial e ficou com seu primeiro (e único) troféu desta categoria na carreira.

 

Deixe seu comentário