Mais Esportes/Tênis

Svitolina encara Kasatkina na final em Dubai

São Paulo , SP
23/02/2018 16:53:46

Em: Tênis
A russa de 20 anos e 24ª do ranking salvou três match points (Foto: Karim Sahib/AFP)

Daria Kasatkina vai encarar a ucraniana Elina Svitolina na final do WTA Premier de Dubai, neste sábado. Para garantir a vitória em cima da espanhola Garbiñe Muguruza, favorita da disputa, a russa salvou três match points. O triunfo desta sexta-feira, terminou com placar de 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (13-11) e 6/1.

O embate da semifinal foi disputado. Com primeiro set equilibrado, as duas jogadoras forçaram saques pesados para tirar pontos rivais. A estratégia funcionou apenas no sexto game, quando Muguruza quebrou Kasatkina e abriu pequena vantagem. À frente, a espanhola administrou o marcador para ir à segunda parcial tranquila.

Na etapa seguinte, a luta seguiu equilibrada. Dos dois lados, os três primeiros serviços foram confirmados. Depois disso, uma sequência de percas extraiu pontos de ambas para força o tie-break. No desempate, Kasatkina salvou três match points, venceu a parcial e empatou o jogo.

Confiante, na etapa decisiva só deu a russa. Ela quebrou a espanhola em diversas oportunidades, para fazê-la perder o serviço três vezes. A vitória veio depois de Kasatkina perder um match-point, no último game.

Se conquistar seu segundo título, a russa pode chegar no top 20 pela primeira vez na carreira, em sua terceira decisão. Sua próxima adversária, Svitolina, por sua vez, soma mais experiência e irá para sua 13º final — lutando pelo 11º troféu.

Svitolina superou Kerber para ir à final (Foto: Karim Sahib/AFP)

Para defender seu título, Svitolina bateu, nessa sexta-feira, a alemã Angeline Kerber, em dois sets diretos. O embate com duplo 6/3 teve, no primeiro set, um festival de serviços perdidos. Os cinco primeiros games não foram confirmados e apenas no sexto, a ucraniana começou a defender sua vantagem para fechar o primeiro set.

Na segunda parcial, apareceu um set de jogadas mais sensatas e menos pontos perdidos. Apesar de esboçar reação, a atual número 9 do mundo não conseguiu revanche do último ano e, novamente, foi derrotada por Svitolina na semifinal.