Tênis/ Masters 1000 de Xangai

Soares perde na estreia em Xangai e fica mais distante do ATP Finals

São Paulo , SP
12/10/2015 12:28:53

Em: Mais Esportes, Tênis
Bruno Soares e Alexander Peya caíram na estreia do Masters 1000 de Xangai, na China (Foto: Leon Neal/AFP)
Bruno Soares e Alexander Peya caíram na estreia do Masters 1000 de Xangai, na China (Foto: Leon Neal/AFP)

O brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya estão cada vez mais distantes de uma das oito vagas para o ATP Finals de Londres, em novembro. A missão da dupla austro-mineira ficou ainda mais complicada após a eliminação na estreia do Masters 1000 de Xangai, nesta segunda-feira, diante do britânico Dominic Inglot e do sueco Robert Lindstedt, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (5-7) e 10-3, em 1h40 de partida.

No ranking que classifica para o torneio londrino, Soares e Peya perderam uma posição e caíram para o décimo lugar, sendo ultrapassados pelos campeões do ATP 500 de Pequim, o canadense Vasek Pospisil e o norte-americano Jack Sock. O mineiro e o austríaco precisam tirar uma diferença de 715 pontos para a oitava dupla, integrada pelo romeno Florin Mergea e pelo indiano Rohan Bopanna.

Soares e Peya disputarão ainda 2 mil pontos até Londres, uma vez que jogarão os ATPs 500 de Viena e Basileia, além do Masters 1000 de Paris. Agora, eles torcem para que Pospisil/Sock (9ª), que tem 80 pontos a mais, e a parceria colombiana Robert Farah/Juan Sebastian Cabal (11ª) não façam boas campanhas em Xangai. Mergea e Bopanna, que formam a oitava dupla, não jogan juntos no torneio chinês.

Na estreia em Xangai, Soares e Peya foram quebrados no nono game do primeiro set (5/4) e viram os adversários em boa posição para fecharem a parcial. O mineiro e o austríaco até tiveram três chances de devolver a quebra, mas desperdiçaram todas e saíram atrás no placar.

No segundo set, mais equilíbrio. Assim como aconteceu na primeira parcial, Soares e Peya tiveram o saque rechaçado no nono game, mas desta vez conseguiram empatar imediatamente (5/5). No tie-break, a dupla austro-mineira foi mais agressiva, conseguiu dois mini breaks, contra apenas um dos adversários, e empatou o duelo.

No super tie-break (terceiro set), um massacre. Inglot e Lindstedt aproveitaram bem os erros de Soares/Peya e abriram 6-0, ficando a apenas quatro pontos da vitória. O britânico e o sueco não permitiram a reação dos adversários e fecharam com 10-3.

Marcelo Melo conhece rivais de estreia

Campeões do ATP 500 de Tóquio no último domingo, o brasileiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen conheceram nesta segunda-feira seus adversários na estreia do Masters 1000 de Xangai. Cabeças de chave 6, eles vão enfrentar o sul-africano Kevin Anderson e o francês Jeremy Chardy, classificados após vencerem o uruguaio Pablo Cuevas e o sérvio Viktor Troicki, por 6/1, 1/6 e 10-8. A partida ainda não tem data e horários definidos.