Gazeta Esportiva

Serena e Venus Williams são eliminadas na primeira rodada do US Open

São Paulo, SP

01/09/22 | 23:31 - 01/09/22 | 23:35

Nesta quinta-feira, as irmãs norte-americanas Serena e Venus Williams estrearam no torneio de duplas femininas no US Open contra as tchecas Linda Noskova e Lucie Hradecka. Após duas horas e cinco minutos, as europeias se mostraram superiores e venceram por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-5) e 6/4.

Assim, a dupla bicampeã do Grand Slam estadunidense, em 1999 e 2009, dá adeus à competição e aos campeonatos em geral. Isso porque, aos 40 e 42 anos respectivamente, Serena e Venus não disputaram mais partidas oficiais do circuito.

Agora, Linda e Lucie voltam suas atenções para a segunda rodada, quando enfrentam a dupla formada pela chilena Alexa Guarachi e pela eslovena Andreja Klepač, que venceram as britânicas Alicia Barnett e Olivia Nicholls, também nesta quinta, por 2 a 0. O duelo ocorre no próximo sábado, ainda sem horário definido.

Por outro lado, Serena ainda não se despediu da competição em geral. A 23 vezes campeã de Slams ainda está viva no torneio simples. Pela terceira fase, a norte-americana entra em quadra nesta sexta-feira, contra a australiana Ajla Tomljanović. Venus, por sua vez, foi eliminada na primeira rodada e não joga mais no torneio.

O jogo

Em primeiro set disputado, Serena e Venus mostraram certa dificuldade, mas tiveram a chance de vencer. Após levar o confronto para o tie-break, chegaram a abrir 5 a 3 de vantagem. No entanto, não conseguiram fechar e viram as tchecas virarem para 7 a 5.

Já no segundo, o cenário se repetiu. Hradecka e Noskova começaram fortes e abriram certa vantagem. Linda foi a responsável pela primeira quebra do set. Entretanto, Serena e Venus lutaram até o fim e chegaram a se recuperar, devolvendo a quebra. Por fim, porém, o resultado negativo e o fim de uma das maiores duplas da história do tênis.

Números de Serena e Venus

As irmãs, juntas, venceram 14 títulos de duplas em Grand Slams. Além do bicampeonato do Abertos dos Estados Unidos, possuem dois troféus de Roland Garros, quatro do Australian Open e outros seis de Wimbledon. Aliás, foi o último conquistado pela dupla, em 2016.

Além disso, somam três medalhas de ouro em Olimpíadas, em Sydney 2000, Pequim 2008 e Londres 2012. Por isso, figuraram no topo do ranking mundial por centenas de semanas, a última delas, em 2010 - ano em que conquistaram o Aberto da Austrália e Roland Garros após vencerem o US Open e Wimbledon no ano anterior.

Deixe seu comentário