Tênis/ Aberto da Austrália

Serena comemora retorno à semi e duelo afro-americano em Melbourne

GazetaEsportiva.net - Melbourne , - Austrália
28/01/2015 10:20:00

Em: Mais Esportes, Tênis

Pentacampeã do Aberto da Austrália, Serena Williams voltou a alcançar as semifinais do torneio em Melbourne após quatro anos longe desta fase. A confirmação da vaga veio com a vitória sobre a eslovaca Dominika Cibulkova, atual vice-campeã da competição, com um duplo 6/2. Feito comemorado pela primeira colocada da lista da WTA.

Vencedora em 2010, Serena ficou de fora da edição seguinte e, em 2012 e 2014, foi eliminada logo na quarta rodada. Em 2013, a norte-americana de 33 anos caiu nas quartas de final.

“É bom, finalmente, passar das quartas de final ou da quarta rodada”, disse Serena. “Eu esqueci o quanto eu gostava deste lugar, de Melbourne. Meu Deus, tem sido assim por muito tempo”, desabafou a líder do ranking mundial desde 2013.

Serena fez questão de valorizar a vitória sobre a eslovaca, que vinha de boas vitórias com um tênis agressivo. Ela admitiu que voltaria para casa se não fizesse uma partida impecável.

“Eu acho que joguei muito bem. Senti que jogaria contra uma jogadora confiante em quadra por ter feito boas partidas. Eu sabia que eu precisava realmente jogar bem ou ir para casa”, analisou a mais nova das irmãs Williams.

Serena Williams arrasou Dominika Cibulkova com um duplo 6/2 (Foto: Greg Wood)
Serena Williams arrasou Dominika Cibulkova com um duplo 6/2 (Foto: Greg Wood) – Credito: AFP

Antes de entrar em quadra, Serena viu sua irmã, Venus, ser eliminada nas quartas de final pela compatriota Madison Keys (35ª do mundo), de apenas 19 anos, em uma batalha de três sets. Mesmo com a derrota familiar, a número 1 do mundo não falou em vingaça, elogiou a futura adversária e comemorou o fato de duas afro-americanas decidirem um jogo decisivo de Grand Slam.

“Eu disse para ela (Keys) que eu estava realmente feliz”, revelou Serena. “É bom ver outra americana, outra afro-americana nas semifinais e jogando tão bem. Independentemente disso, temos garantido um norte-americano na final. E isso é ótimo para mim e para Venus, pois sabemos que finalmente há outros americanos que estão jogando bem, mostrando que eles querem ser os melhores do mundo”, completou a experiente tenista, que analisou o estilo de jogo de Madison Keys.

“Madison tem um grande serviço, um ótimo forehand. Ela improvisa aos trancos e barrancos. Vai ser um jogo muito difícil para mim”, avaliou a favorita, que nunca enfrentou a jovem de 19 anos.

A tenista de 19 anos é treinada por nada menos que a multicampeã norte-americana Lindsay Davenport. Parceria que, segundo Serena, vai render títulos à jovem promessa, que alcançou sua primeira semifinal de Grand Slam.

“Eu acho que Lindsay e Madison têm feito um bom trabalho juntas. Esta é sua primeira semifinal. Tenho certeza que ela vai ganhar muito mais coisas, incluindo Grand Slam”, encerrou a detentora de cinco títulos em Melbourne.

Mesmo com lesão na coxa esquerda, Keys venceu batalha contra Venus Williams (Foto: Mal Fairclough)
Mesmo com lesão na coxa esquerda, Keys venceu batalha contra Venus Williams (Foto: Mal Fairclough) – Credito: AFP