Tênis/ ATP 500 de Pequim

Sem ameaçar, Bellucci cai para Ferrer na estreia do ATP de Pequim

São Paulo , SP
06/10/2015 10:08:02 — 06/10/2015 10:10:33

Em: Mais Esportes, Tênis
O brasileiro Thomaz Bellucci não foi páreo para o espanhol David Ferrer e está fora em Pequim (Foto: Wang Zhao/AFP)
O brasileiro Thomaz Bellucci não foi páreo para o espanhol David Ferrer e está fora em Pequim (Foto: Wang Zhao/AFP)

O brasileiro Thomaz Bellucci, 31º colocado no ranking mundial, caiu para o sempre estável espanhol David Ferrer, número 7, na manhã desta terça-feira, e foi eliminado do ATP 500 de Pequim, na China, torneio disputado em quadras rápidas e com premiação de 2,7 milhões de dólares (cerca de R$ 10,5 mi).

Número 1 do Brasil, o paulista perdeu por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, após 1h26 de confronto. Esta foi a sexta vitória de Ferrer sobre Bellucci em sete confrontos pelo circuito ATP. No começo do ano, o espanhol já havia vencido pela primeira rodada do Aberto da Austrália, em quatro parciais. A única vitória de Thomaz aconteceu em 2012, pelo Masters 1000 de Monte Carlo.

Campeão em Kuala Lumpur no último domingo, David Ferrer terá como próximo adversário o tcheco Lukas Rosol (79º), que superou o britânico Aljaz Bedene (54º), oriundo do qualifying, por 1/6, 7/6 (8-6) e 6/3. O duelo, valendo vaga nas quartas de final, acontecerá na madrugada desta quarta-feira, a partir das 05h00 (de Brasília).

No primeiro set da partida desta manhã, Bellucci conseguiu manter o equilíbrio até o sexto game, no qual Ferrer rechaçou o saque do adversário e abriu 4/2. O brasileiro, então, devolveu a quebra quando o espanhol servia para fechar a parcial e voltou para o jogo (5/4). No entanto, logo em seguida, Thomaz voltou a ter problemas em seu game de serviço e perdeu o set.

A segunda parcial, ao contrário da primeira, foi decidida logo em seu início. Ferrer quebrou o saque de Bellucci logo no segundo game e em seguida confirmou o saque para abrir 3/0. O brasileiro tentou voltar para o jogo, venceu seus games de serviço, mas não ameaçou o espanhol, que fechou o confronto em 6/3.

Agora, o número 1 do Brasil começa sua preparação para o Masters 1000 de Xangai, também na China, torneio que começa na próxima semana.