Rogerinho e Bellucci perdem e ficam com o vice nas duplas do Aberto do Rio

São Paulo, SP

23-02-2019 23:03:09

Mais uma vez o Brasil bateu na trave no Aberto do Rio de Janeiro. Na noite deste sábado, os paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva até saíram na frente, mas tomaram a virada da dupla composta pelo argentino Máximo González e o chileno Nicolás Jarry e acabaram derrotados na decisão do torneio por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (7-3), 6/3 e 10-7.

Apesar da derrota amarga, a dupla brasileira iguala o melhor desempenho do país nas seis edições do ATP 500 do Rio de Janeiro. Em 2014, Marcelo Melo também havia ficado com o vice-campeonato em solo carioca.

Convidados pela organização, os brasileiros foram frios para salvar um break-point no terceiro game e mais três no sétimo. O chileno e o argentino quase tiveram seu serviço quebrado pelos rivais no 12º game, mas conseguiram se salvar e levaram a disputa para o tiebreak, onde Bellucci e Rogerinho brilharam, fizeram 7-3 e abriram vantagem.

Com uma série de desatenções dos tenistas da casa, Jarry e González fizeram a quebra e largaram com 3/0 logo de cara no segundo set. Sem sequer oferecer ameaça para os adversários, os brasileiros foram presas fáceis e viram os rivais levarem o duelo para o match-tiebreak: 6/3.

Novamente, o chileno e o argentino começaram melhores e venceram os dois primeiros pontos no set decisivo. A dupla brasileira, entretanto, reagiu, empatou e inflamou a torcida carioca, mas os gritos de "Brasil, Brasil, Brasil" parecem ter minado o foco de Rogerinho e principalmente de Bellucci, que cometeram erros bobos e perderam o desempate por 10-7.

Deixe seu comentário