Rafael Nadal chega ao Rio e admite desfilar no domingo

GazetaEsportiva.net - Rio de Janeiro,RJ

12-02-2015 11:35:00

O espanhol Rafael Nadal já mostrou ser um dos melhores de todos os tempos do tênis mundial, porém neste domingo ele terá de provar ser competente em outro fundamento: o do samba no pé. Número 3 do ranking mundial, ele desembarcou na noite desta quarta-feira na capital carioca, onde vai disputar o ATP 500 do Rio de Janeiro, e confirmou que desfilará com a escola Unidos da Viradouro, ao lado do compatriota David Ferrer e Gustavo Kuerten.

O espanhol Rafael Nadal já mostrou ser um dos melhores de todos os tempos do tênis mundial, porém neste domingo ele terá de provar ser competente em outro fundamento: o do samba no pé. Número 3 do ranking mundial, ele desembarcou na noite desta quarta-feira na capital carioca, onde vai disputar o ATP 500 do Rio de Janeiro, e confirmou que desfilará com a escola Unidos da Viradouro, ao lado do compatriota David Ferrer e Gustavo Kuerten.

“Sempre quis conhecer o carnaval do Rio de perto”, disse o “Touro Miura”, carcado por fãs e jornalistas. “O carnaval tem uma energia incrível, aqui é como uma religião. Vai ser um espetáculo”. Nadal, entretanto, ainda não conhece plenamente o enredo da escola.

O espanhol deve fazer seu primeiro treino no Jockey Club Brasileiro, local dos jogos, nesta quinta-feira. Desfilar pela Viradouro no domingo não deverá prejudicar o tenista nas quadras, uma vez que fará sua estreia somente na noite da próxima terça-feira. O sorteio das chaves do Aberto do Rio será realizado na tarde deste sábado.

Rafael Nadal, além de desfilar, vai buscar a defesa do título do ATP 500 do Rio de Janeiro
Rafael Nadal, além de desfilar, vai buscar a defesa do título do ATP 500 do Rio de Janeiro - Credito: ATP

Eliminado nas quartas de final do Aberto da Austrália pelo tcheco Tomas Berdych, por 3 sets a 0, Nadal prefere não assumir o favoritismo ao título, mas afirma que está pronto para competir.

“Estou bem preparado, tenho treinado todos os dias para chegar bem no torneio. Ganhar é algo que veremos depois, mas estou preparado para competir”, analisou o cabeça de chave número 1 e atual campeão no Rio de Janeiro.

Em 2014, Rafa teve de lidar com muitas lesões e ficou de fora de importantes torneios, como o Masters 1000 de Paris e o ATP Finals de Londres. Ele se recuperou fisicamente, mas demonstrou falta de ritmo neste começo de temporada, com as eliminações no ATP 250 de Doha e no Aberto da Austrália, embora já tenha apresentado melhora nesse último.

Deixe seu comentário