Nas duplas, República Tcheca vence a Rússia e conquista nono título da Fed Cup

São Paulo, SP

15/11/15 | 17:18

Com a vitória de Karolina Pliskova, da República Tcheca, sobre Anastasia Pavlyuchenkova, da Rússia, a disputa pelo título da Fed Cup ficou para a disputa nas duplas, o quinto e decisivo ponto. Ao se reencontrarem, na tarde deste domingo, a tcheca levou a melhor novamente. Em dupla com Barbora Strycova, a parceria venceu Pavlyuchenkova e Elena Vesnina pelo placar de 2 sets a 1, parciais de (4/6, 6/3 e 6/2) em 2h09 de partida e erguer o título do torneio.

Jogando em casa, as tchecas quase deram a chance à Rússia de vencer o torneio. Na manhã deste domingo, Maria Sharapova derrotou Petra Kvitova por 2 a 1, forçando a República Tcheca a buscar o resultado. Assim, Pliskova teve a responsabilidade de vencer Pavlyuchenkova por 2 a 0, e igualar o placar.

Este é o nono título da equipe tcheca e o segundo consecutivo. O país disputou sua quarta final em cinco anos. Já a Rússia foi campeã quatro vezes da Fed Cup, em 2004, 2005, 2007 e 2008.

Karolina Pliskova e Barbora Strycova vencem dupla russa e conquistam título da Fed Cup para a República Tcheca  (Foto: MICHAL CIZEK/AFP)
Karolina Pliskova e Barbora Strycova vencem dupla russa e conquistam título da Fed Cup para a República Tcheca (Foto: MICHAL CIZEK/AFP)

 

O jogo - As tchecas começaram bem a partida, aplicando uma quebra de saque logo no segundo game. Entretanto, a Rússia não deixou a vantagem se aumentar, e devolveu o break no game seguinte. Com o placar empatado, elas voltaram a quebrar no nono game, e depois apenas sacaram para confirmar a parcial, fechando em 6 a 4.

Em seguida, a República Tcheca entrou no jogo e de maneira definitiva. Foram duas quebras, novamente no segundo e outra no sexto game, garantindo uma vantagem de 5 a 1. A dupla russa conseguiu devolver uma das quebras, mas não foi suficiente para conter a força tcheca, que fechou a parcial em 6 a 3 em 47 minutos.

No set de desempate, as tchecas foram mais firmes novamente, desde o início. No primeiro game, Pliskova/Strycova efetuaram o break, que trouxe total segurança e estabilidade. Depois de duas confirmações, as russas sofreram nova quebra, no sétimo game, suficiente para encaminhar a vitória tcheca. Por fim, só restou a dupla da casa sacar para o jogo, vencer a parcial por 6 a 2 e garantir mais um título da competição.

 

Deixe seu comentário