Tênis/ ATP 500 de Pequim

Nadal vira sobre americano e encara rival Fognini na semi em Pequim

São Paulo , SP
09/10/2015 07:23:10 — 09/10/2015 07:35:46

Em: Mais Esportes, Tênis
O espanhol Rafael Nadal vibra após vencer ponto contra o norte-americano Jack Sock em Pequim (Foto: Fred Dufour/AFP)
O espanhol Rafael Nadal vibra após vencer ponto contra o norte-americano Jack Sock em Pequim (Foto: Fred Dufour/AFP)

Oitavo colocado no ranking mundial, Rafael Nadal está a duas vitórias do bicampeonato do ATP 500 de Pequim, na China. Isso porque, na madrugada desta sexta-feira, o espanhol derrotou o norte-americano Jack Sock, número 30, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/3, após 2h01 de confronto e se classificou às semifinais do torneio disputado em quadras rápidas.

“Obviamente eu terminei a partida jogando melhor do que comecei. Este ano eu perdi vários jogos quando eu tinha uma vantagem. Então, ter a chance de vencer um jogo depois de começar perdendo, é importante para mim”, ressaltou o espanhol após a vitória.

Com o resultado, o nove vezes campeão de Roland Garros enfrentará, por uma vaga na decisão, Fabio Fognini (28º), classificado após derrotar o uruguaio Pablo Cuevas (37º) por 6/1, 2/6 e 6/2, O italiano tem sido uma “pedra no sapato” de Nadal nesta temporada. Em 2015, ele venceu três dos quatro emocionantes e polêmicos confrontos diante do canhoto de Mallorca.

Em fevereiro, no Rio de Janeiro, Fognini bateu Rafa nas semifinais e terminaria como vice-campeão do torneio. Na ocasião, Nadal saiu de quadra brigado com o juiz brasileiro Carlos Bernardes por ter sido advertido devido à demora em seu ritual antes do saque. Meses depois, o italiano perdeu a paciência e discutiu com o adversário durante a final do ATP de Hamburgo. O motivo: a habitual lentidão para servir. Pior para o impaciente tenista, que acabaria com o vice. O último duelo aconteceu na terceira rodada do Aberto dos Estados Unidos, onde Fognini, com uma garra não muito comum, deu o troco e eliminou Nadal após incrível virada em cinco sets.

De volta ao confronto com Sock, Nadal começou mal e foi presa fácil para o norte-americano no primeiro set. O espanhol foi quebrado logo no terceiro game da partida e depois viu o adversário sacar bem para abrir 3/1. Rafa ainda teria quatro chances para devolver a quebra, mas desperdiçou todas e ainda voltaria a ter o serviço rechaçado, perdendo a parcial por 6/3.

Campeão em Pequim na edição de 2005, Nadal reagiu de imediato. Logo no primeiro game do segundo set, ele quebrou o saque do americano e finalmente ficou à frente do rival. Depois, foi só administrar a vantagem para empatar a partida com 6/4.

O terceiro e decisivo set manteve-se equilibrado até o sétimo game, em que Nadal foi agressivo e atacou o serviço de Sock para conquistar a quebra e ficar próximo da vitória. Desanimado, o americano não teve forças para buscar uma reação e viu o ‘Touro Miura’ os outros dois games e fechar o duelo com 6/3.

Rafael Nadal e Fabio Fognini ficam frente a frente por uma vaga na decisão do ATP 500 de Pequim na madrugada deste sábado. Apesar de estar em desvantagem neste ano, o espanhol venceu cinco dos oito confrontos com o italiano.

Ferrer avança e aguarda por Djokovic

Outro espanhol que se classificou às semifinais na capital chinesa foi o David Ferrer (7º). Nesta manhã, ele não deu chances para o taiuanês Yen-Hsun Lu (100º) e venceu por 6/3 e 6/1, em apenas 1h19 de partida.

Ferrer deverá ter uma parada duríssima pela frente. Seu próximo adversário poderá ser o melhor tenista do mundo na atualidade, o sérvio Novak Djokovic (1º), que enfrenta o norte-americano John Isner (13º) ainda na manhã desta sexta-feira.