Tênis

Nadal vence Khachanov e avança à final do Masters 1000 de Toronto

São Paulo , SP
12/08/2018 10:33:22 — 12/08/2018 11:20:41

Em: Mais Esportes, Notícias, Tênis
Rafael Nadal durante a vitória diante de Khachanov  (Foto: Vaughn Ridley /GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)

Líder do ranking mundial, Rafael Nadal mostrou mais uma vez porque é o grande nome do tênis mundial nesta temporada. Jogando de forma precisa e extremamente regular, o espanhol venceu o russo Karen Khachanov por 2 sets a 0, parciais 7/6 (7-3) e 6/4 e avançou à final do Masters 1000 de Toronto, o sexto torneio desta categoria no calendário da ATP.

O adversário do espanhol na grande decisão será diante do jovem talento grego Stefanos Tsitsipas. Com apenas 19 anos, o tenista é um dos grandes nomes desta temporada do tênis, ainda mais se levar em consideração que a Grécia não tem uma tradição forte no esporte da bolinha amarela. Em 2018, além da campanha em Toronto, o garoto chegou até às semifinais do ATP 500 de Washington e na final do ATP 500 de Barcelona, onde enfrentou Nadal e perdeu para o Touro Miúra na única oportunidade que jogaram um contra o outro.

Caso consiga o a vitória diante de Tsitsipas, Nadal aumentará ainda mais sua vantagem como maior vencedor de Masters 1000 da história. Atualmente com 32 troféus, o líder do ranking mundial está um pouco à frente de Djokovic, que tem 30 e foi eliminado pelo próprio tenista grego nas oitavas de final do torneio. Além disso, seria a quarta conquista do tenista espanhol no Canadá.

O Jogo – Apesar do favoritismo e de ter uma carreira bem mais vitoriosa e experiente, Nadal teria pela frente na semifinal de Toronto um adversário jovem que vive seu melhor momento na carreira. Com 22 anos, Khachanov é mais um da nova geração do tênis que já integra o grupo dos melhores tenistas do mundo (atual n° 38) e que tem resultados expressivos em torneios de nível ATP.

Diante desse cenário, o espanhol tratou de jogar de forma eficiente já no início e quebrou o saque de Khachanov logo no primeiro serviço do jovem tenista. No entanto, o russo devolveu a quebra logo em seguida, ganhou seis pontos seguidos e manteve o jogo empatado e cada vez mais equilibrado, com o primeiro set sendo decidido apenas no tiebreak.

No game desempate, Khachanov conseguiu o minibreak logo no primeiro ponto, dando a impressão que poderia ganhar o primeiro set e pressionar Nadal. Contudo, do outro lado da quadra estava o líder do ranking mundial e maior campeão de torneios Masters 1000, e com extrema competência, o espanhol permitiu apenas mais dois pontos do russo e fechou em 7-3 o tiebreak.

No segundo set, Nadal fez o que costuma fazer: quebrar o saque no momento que o adversário abaixou a intensidade. Irritado com o tiebreak mal jogado e pela perda do primeiro set, Khachanov errou mais que o costume e viu o espanhol abrir vantagem, que foi mantida até o fim, quando o Touro Miúra venceu a segunda parcial por 6/4 e o jogo em 2 sets a 0.