Na semifinal, Bellucci elogia Gstaad e quer tri: “Lugar maravilhoso”

São Paulo, SP

31-07-2015 12:42:25

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci busca o tricampeonato em Gstaad. (Foto: Divulgação)
O tenista brasileiro Thomaz Bellucci busca o tricampeonato em Gstaad. (Foto: Divulgação)

Dos quatro títulos ATP conquistados pelo brasileiro Thomaz Bellucci na carreira, três vieram na Suíça, dois em Gstaad. Algoz do espanhol Pablo Andujar nas quartas de final, o tenista, em busca do tricampeonato, elogiou a cidade com 1.050m de altitude na tarde desta sexta-feira.

“Sempre que venho, é muito legal. O lugar é maravilhoso. Acho que as condições aqui são boas para mim, porque tenho um bom serviço, então ganho muitos pontos no saque ou na primeira bola. Acho que essa é a razão. É um lugar maravilhoso e fico contente por voltar todos os anos”, disse, ainda na quadra.

Cabeça de chave número 5, Bellucci ganhou de Andujar, quarto favorito, por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. Com 66% de aproveitamento no primeiro serviço, o tenista brasileiro conseguiu encaixar cinco aces, mas cometeu o mesmo número de duplas faltas.

“Estou jogando muito bem nessa semana e o hoje o Pablo também jogou muito bem. Eu fiquei um pouco nervoso no começo. Ele jogava com muita profundidade e estava me colocando em situações difíceis sempre no meu serviço. No começo do segundo set, joguei com mais agressividade e encontrei uma maneira de vencer”, explicou o brasileiro.

Na semifinal, Bellucci enfrenta o belga David Goffin, principal favorito ao título, que venceu o português João Sousa, cabeça de chave número 6, por 6/7 (7-9), 6/4 e 7/6 (7-1). O brasileiro ganhou o único duelo anterior com o adversário, na esteia de Auckland 2013. Do outro lado da chave, o austríaco Dominic Thiem, terceiro pré-classificado, pega o espanhol Feliciano Lopez, segundo mais cotado.

Thomaz Bellucci venceu as edições de 2009 (primeiro título da carreira) e 2012 do ATP 250 de Gstaad. Na temporada de 2015, o tenista brasileiro ainda triunfou em Genebra, mais uma cidade suíça, conquistando seu quarto título – ele também ganhou Santiago 2010.

Deixe seu comentário