Tênis

Marcelo Melo critica conivência do árbitro em confronto contra Argentina

GazetaEsportiva.net - Vicente López , - Argentina
09/03/2015 23:01:00

Em: Bastidores, Mais Esportes, Tênis

Além de partidas épicas e virada dos donos da casa, o confronto entre Brasil e Argentina pela Copa Davis, disputado em Vicente López (na Grande Buenos Aires), também teve polêmica. A equipe brasileira reclamou de excessos da torcida local, que compareceu em bom número a todos os duelos, e teria chegado a proferir ofensas racistas contra João Souza, o Feijão. A falta de controle do árbitro sobre o público foi criticada pelo duplista Marcelo Melo.

“Como pode a ITF (Federação Internacional de Tênis) mandar um árbitro geral para um confronto na América do Sul que não fala espanhol? Ou seja, ele não entende nada do que falam”, publicou o tenista em rede social, criticando a escolha do britânico Andrew Jarrett para o comando da arbitragem.

O ex-tenista João Zwetsch, capitão do Brasil na Copa Davis, também já havia reclamado da postura ofensiva da torcida argentina. As injúrias foram ouvidas principalmente nos dois últimos duelos do confronto: a batalha de 6 horas e 42 minutos entre Feijão e Leonardo Mayer (vencida pelo argentino por 3 sets a 2, com parciais de 7/6[7-4], 7/6[7-5], 5/7, 5/7 e 15/13) e vitória de Federico Delbonis sobre Thomaz Bellucci (3 sets a 1, parciais: 6/3, 3/6, 6/2 e 7/5), que selou a vitória dos donos da casa no confronto por 3 a 2 no placar geral.

O time brasileiro relatou ofensas da torcida argentina, que não foi repreendida pelo árbitro britânico (Foto: Alejandro Pagni)
O time brasileiro relatou ofensas da torcida argentina, que não foi repreendida pelo árbitro britânico (Foto: Alejandro Pagni) – Credito: AFP

Time brasileiro agradece apoio e promete motivação para o futuro

Após a eliminação na primeira fase da Copa Davis de 2015, o Brasil terá que disputar a repescagem do torneio no próximo ano. Esta perspectiva e a derrota para a rival Argentina na edição atual, no entanto, não desanimaram a equipe brasileira, que agradeceu o apoio dos torcedores e prometeu se fortalecer para os próximos desafios.

“Pode ter certeza que voltaremos. Voltaremos mais fortes e vamos entregar tudo dentro de quadra. Obrigado a todos vocês brasileiros”, postou em rede social o tenista Bruno Soares, que, ao lado de Marcelo Melo, conseguiu um dos pontos do Brasil no confronto ao vencer Carlos Berlocq e Diego Schwartzman nas duplas. O outro triunfo da equipe foi de Feijão contra Berlocq, no primeiro jogo.

“Valeu demais a torcida de todos vocês. Os que vieram foram de tirar o chapéu! Seguimos em diante! Partindo hoje para Indian Wells”, publicou o duplista Marcelo Melo, já projetando o Masters 1000 que acontece entre os dias 9 e 22 de março na Califórnia, nos Estados Unidos.

Feijão, por sua vez, lamentou a virada dos rivais e exaltou a entrega dos brasileiros nas quadras de Buenos Aires. “Uma pena não sair com a vitória contra a Argentina. Mas uma coisa é certa: time de guerreiros”, pontuou, também através de rede social.