Tênis/Copa Davis

França vence nas duplas e despacha Alemanha da Copa Davis

GazetaEsportiva.net - Frankfurt , - Alemanha
07/03/2015 11:26:00

Em: Campeonatos, Mais Esportes, Tênis

A dupla francesa formada por Julien Benneteau, 7º no ranking de duplas da ATP, e Nicolas Mahut (18º) venceu Andre Begemann (42º) e Benjamin Becker (108º) por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/2, em duelo que durou 1 hora e 50 minutos. Com o resultado da manhã deste sábado em Frankfurt, os alemães viram a França chegar a 3 a 0 no confronto da primeira fase da Copa Davis e eliminá-los da competição.

Na sexta-feira, nas partidas de simples, o primeiro duelo foi de muito equilíbrio, mas o francês Gilles Simon levou a melhor sobre Jan-Lennard Struff por 3 sets a 2, com parciais de 7/6, 2/6, 6/7, 6/2 e 10/8. No jogo seguinte, Gael Monfils teve menos dificuldade e bateu Philipp Kohlschreiber por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/5 e 7/6. Neste domingo, os atletas voltam às quadras e cumprem tabela em partidas de simples.

Nas quartas de final, que serão disputadas em julho, a França enfrenta o vencedor do confronto entre Estados Unidos e Grã-Bretanha.

Julien Benneteau e Nicolas Mahut precisaram de 1 hora e 50 minutos para vencer Begemann e Becker
Julien Benneteau e Nicolas Mahut precisaram de 1 hora e 50 minutos para vencer Begemann e Becker – Credito: Reprodução/Twitter

Os franceses se mostraram mais eficientes desde o início do jogo em Frankfurt. No primeiro set, Benneteau e Mahut tiveram melhor aproveitamento com o adversário servindo, quebraram uma vez o saque dos donos da casa e fecharam a primeira parcial em 6/4.

No segundo set, o domínio dos franceses ficou ainda mais evidente. Demonstrando bom entrosamento, eles mantiveram a solidez ao sacar e não deram chance para nenhuma quebra adversária. A dupla da França ainda teve quatro chances de interromper o serviço dos oponentes, das quais aproveitou apenas uma, que foi suficiente para fechar a parcial em 6/3.

O terceiro set foi o mais longo do jogo (44 minutos), apesar de ter terminado com a vantagem mais elástica para os franceses. Begemann e Becker deram sinais de cansaço no último set, abrindo caminho para uma atuação sólida e superior em quase todos os quesitos de Benneteau e Mahut, que quebraram o serviço dos alemães por duas vezes para fechar a partida com parcial de 6/2.