Tênis/ Mais Esportes

Finalistas de Grand Slam afirmam entender reação de Serena no US Open

São Paulo , SP
26/09/2018 08:48:19

Em: Mais Esportes, Tênis
Wozniacki foi uma das que entenderam a reação de Serena (Foto: William West/ AFP)

A final feminina do US Open ficou marcada não apenas pelo título inédito de Naomi Osaka, mas pela discussão que Serena Williams teve com o árbitro da partida, o português Carlos Ramos. A polêmica foi tamanha que nesta semana, aproximadamente 15 dias depois do desentendimento, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, campeã do Aberto da Austrália, e a americana Madison Keys, finalista do US Open de 2017, comentaram a situação, dizendo que entendem a reação de sua colega de trabalho.

“Quem conhece a Serena sabe ela nunca recebeu coaching em toda sua carreira, então foi algo inusitado. Não é do feitio dela pedir o treinador na quadra. Acho que um grande árbitro, e para estar na final de um GRand Slam você precisa ser um, deve estar ciente dessa situação. Serena não é uma daquelas pessoas que fica olhando para o box e fica se comunicando com o técnico”, destacou Wozniacki.

A tenista dinamarquesa também deu a opinião dela sobre o que o árbitro da partida poderia ter feito ao invés de tirar um game inteiro de Serena. “Na minha opinião, acho que o árbitro da partida deveria ter dado a ela um soft-warning. Se ele sentisse que o time dela e o treinador continuasse fazendo sinais, aí ele poderia tomar a atitude que decidiu naquela hora. Isso é, na meu opinião, a maneira como os árbitros costumam fazer”.

Já Madison Keys, compatriota de Serena, destacou que a situação precisa ser analisada melhor para que não ocorra a mesma repercussão que o caso teve neste US Open. “Acho que foi uma experiência realmente infeliz, e que devemos olhar mais de perto e ver se há um problema maior, a repercussão foi muito grande. Se houver, é algo que precisa ser discutido”.

Por fim, a jovem tenista americana destacou que se sentiu mal pelo constrangimento que Osaka passou por causa de toda a situação. “A situação toda foi muito lamentável, especialmente para Naomi, que estava jogando seu melhor tênis quando toda a discussão começou. Eu me senti muito mal por ela. O mais triste é que a primeira coisa que ela falou quando ganhou seu primeiro Grand Slam foram ‘Desculpas’. ”