Tênis/ Mais Esportes

Federer cogita levar Laver Cup para fora dos Estados Unidos

São Paulo , SP
24/09/2018 12:26:35 — 24/09/2018 12:28:40

Em: Mais Esportes, Tênis
Federer e Zverev com o troféu da Laver Cup (Foto: CLIVE BRUNSKILL / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)

Sucesso de público e elogiado por diversos tenistas, a Laver Cup pode ganhar ares mundiais. Isso porque, neste domingo, Roger Federer, um dos idealizadores do torneio, afirmou que cogita levar o evento para fora dos Estados Unidos, onde aconteceu a edição deste ano. Para o suíço, a repercussão positiva faz com que o objetivo seja levar o tênis para lugares onde não estão acostumados a ver os melhores tenistas do circuito.

“O objetivo é levar a Laver Cup a lugares onde onde as pessoas não estão acostumadas a verem grandes jogos e que, desta forma, possam apreciar mais o esporte. Bem, ainda não sei quais são os planos para a edição 2020, porém, há uma boa chance de o torneio ir para fora dos Estados Unidos e encontrar novos fãs ao redor do mundo”, afirmou Federer.

O atual número dois do mundo também comentou sobre a Copa Davis, que terá um novo formato a partir do próximo ano, e sobre a Copa do Mundo da ATP, torneio que está previsto para iniciar em 2020. Para ele, a Laver Cup tem um formato diferente e a presença dos dois eventos não deve afetar o sucesso da competição.

“A verdade é que não tenho certeza se a Copa Davis e a Copa do Mundo da ATP conseguirão conviver juntas no circuito, pois são muito semelhantes. Já a Laver Cup tem um formato diferente, não representa nações e em três dias já está finalizada, é bem mais curta. Acredito que os atletas precisam ser proativos e digam suas opiniões, se estão dispostos a jogar ou não”, destacou o tenista suíço.

Nas duas edições da Laver Cup, em 2017 e neste ano, Federer se saiu muito bem já que o Time Europa superou o Time Mundo e saiu como grande vencedor da competição. Vale lembrar que, em 2019, o torneio será realizado em Genebra, na Suíça.