Djokovic vence Medvedev e chega ao seu nono título do Aberto da Austrália

AFP - São Paulo,SP

21-02-2021 09:28:48

O n.1 do mundo Novak Djokovic conquistou seu 9º Aberto da Austrália, um recorde, e seu 18º título de Grand Slam, ao derrotar o russo Daniil Medvedev (4º) em três sets de 7-5, 6-2 e 6-2 em menos de duas horas, em Melbourne, neste domingo (21).

Aos 33 anos, Djokovic se coloca a dois títulos do recorde de troféus de Grand Slam de Roger Federer e Rafa Nadal. Medvedev, por sua vez, perde sua segunda final em um 'Grand' depois do US Open 2019, e vê interrompida sua série de 20 vitórias consecutivas.


Para erguer pela terceira vez consecutiva o troféu na quadra rápida de Melbourne, Djokovic mostrou ter deixado para trás os problemas físicos na região abdominal que o incomodaram durante todo torneio, e principalmente na partida da terceira rodada contra o americano Taylor Fritz.

"Essas duas semanas foram uma montanha-russa para mim", reconheceu "Djoko".

"Quero agradecer a Rod Laver Arena, a história de amor continua", acrescentou o campeão diante de quase 7.400 espectadores que acompanharam a final na quadra principal da sede da competição.

Medvedev, por sua vez, perde sua segunda final em um Grand Slam após o US Open 2019, e vê chegar ao fim sua série de 20 vitórias seguidas.

"Eu gostaria de ter feito o jogo durar mais e ser mais interessante para vocês, mas hoje não foi o dia", reconheceu Medvedev, ao falar para o público.

Com esta vitória, Djokovic segue como líder do ranking da ATP, enquanto o russo passará a ocupar, a partir desta segunda-feira, com a atualização da lista dos melhores do mundo, a terceira colocação. Ele entra pela primeira vez no Top 3 da categoria, atrás apenas de Nadal (2º).

O sérvio e o espanhol conquistaram juntos dez dos últimos 11 títulos do Grand Slam (desde Roland Garros 2018). Apenas o austríaco Dominic Thiem, no US Open 2020, conseguiu interromper essa série.

Medvedev quebra raquete 

Djokovic entrou confortável para disputar sua terceira final seguida em Melbourne, e isso ficou claro logo no início do duelo, mostrando-se agressivo no próprio serviço.

Medvedev não se intimidou diante do número um e mostrou estar atento nas devoluções, conseguindo fazer um 3/3 no quinto game.

Com os dois tenistas muito bem nos serviços, o sérvio aproveitou um erro não forçado para fechar o set em 7/5. Na etapa seguinte, coube ao russo quebrar o saque do adversário, que se recuperou de imediato, atuando muito bem em seguida nas devoluções.

Medvedev ainda teve a chance de levar o set no sétimo game, mas Djokovic conseguiu a virada no placar, irritando o oponente, que quebrou a raquete. Diante do nervosismo do adversário, o número um voltou a crescer em quadra e levou o segundo set.

Na etapa seguinte, o tenista russo chegou a ameaçar o que parecia se tornar uma vitória tranquila para o sérvio, obtendo dois break points. Mas a tarde era de Djokovic, que mostrou toda sua categoria para fechar a conquista do nono título no Aberto da Austrália com direito a um smash.

Deixe seu comentário