Djokovic supera promessa croata e avança no Masters 1000 de Madri

São Paulo, SP

04-05-2016 13:07:59

Novak Djokovic, número 1 do mundo, avançou para a terceira rodada do Masters 1000 de Madri, nesta quarta-feira, ao vencer o jovem promissor Borna Coric (40º) por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4, em uma hora e 20 minutos de partida. Com apenas 19 anos, o tenista croata até tentou fazer frente ao número um do mundo, no entanto, prevaleceu a experiência na capital espanhola e agora o sérvio irá enfrentar o anfitrião Roberto Bautista Agut (17º), que venceu Feliciano Lopéz (23º), em três sets.

Djokovic não perdeu tempo e logo tratou de tomar as rédeas da partida. Após Coric confirmar seu primeiro serviço, o servo quebrou o segundo game do croata já para abrir importante vantagem no primeiro set e precisar apenas administrar a parcial. Antes do fim do período o número um do mundo ainda anulou o promissor jogador croata novamente para fechar em 6/2.

No segundo set Coric voltou mais focado e dificultou a vida de Novak Djokovic, que apesar das adversidades continuou fazendo sua parte, confirmando seus serviços e jogando a responsabilidade para o outro lado da quadra. O jovem adversário de apenas 19 anos demonstrou intensidade no saibro madrilenho e exigiu paciência do número um do mundo, que só foi finalizar o confronto no último game, impedindo que o croata confirmasse seu serviço e fechando o duelo em 6/4.

Nas quartas de final, caso ambos avancem,  há a possibilidade do sérvio reencontrar Milos Raonic (10º), que acabou caindo para Djokovic na final do Masters 1000 de Indian Wells, em março.

Nishikori, Berdych e Ferrer avançam; Wawrinka perde para Kyrgios

Kyrgios venceu Wawrinka pela segunda vez na carreira (Foto: Jose Manuel Ribeiro/AFP)
Kyrgios venceu Wawrinka pela segunda vez na carreira (Foto: Jose Manuel Ribeiro/AFP)

Com muitas dificuldades, o japonês Kei Nishikori (6º) superou o italiano Fabio Fognini (31º), por 2 a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 7/5. Depois de se impor no primeiro set, o asiático viu o europeu imprimir bom ritmo, para levar a segunda parcial.

No momento decisivo, a calma de Nishikori fez diferença. No último game, Fognini foi penalizado com a perda de um ponto e, com isso, teve o saque quebrado, definindo sua eliminação. Nas oitavas, o sexto melhor do ranking encara o francês Richard Gasquet (11º), nesta quinta-feira.

Quem também encontrou dificuldades foi o espanhol David Ferrer, número 9 do mundo, que encarou o americano Denis Kudla (61º). O anfitrião fez 6/4, 4/6 e 6/4, em 2h17 de partida. Nas oitavas, ele terá pela frente Tomas Berdych (8º), que superou o uzbeque Denis Istomin, sem dificuldades, fazendo duplo 6/3.

Outro top 10 que entrou em quadra foi Stan Wawrinka (4º). O suíço acabou derrotado pelo jovem australiano Nick Kyrgios (21º), por 2 sets a 0 (7/6(7) e 7/6(2)). O encontro foi muito equilibrado, com os dois atletas confirmando todos os serviços.

O vencedor da partida não teve nenhuma chance de quebra ao longo do jogo. O atual campeão de Roland Garros, por sua vez, desperdiçou as quatro oportunidades que apareceram. Assim, com Kyrgios mais ligado nos tie-breaks, o número 4 do mundo foi eliminado do Masters 1000 de Madri, logo na estreia. Nas oitavas, Nick espera o vencedor do encontro entre o francês Gael Monfils (15º) e o uruguaio Pablo Cuevas (27º).

Deixe seu comentário