Dimitrov e Raonic confirmam favoritismo e avançam em Brisbane

São Paulo, SP

31-12-2018 15:02:24

Grigor Dimitrov comemora o bom desempenho na estreia em Brisbane (Foto: Saeed Khan / AFP)

Ainda não é 2019, mas Grigor Dimitrov e Milos Raonic já colecionam uma vitória na nova temporada do tênis mundial. Isso porque, tanto o búlgaro como o canadense confirmaram o favoritismo e venceram na estreia do ATP 250 de Brisbane, eliminando o japonês Nishioka e o esloveno Bedene, respectivamente.

Atual número 19 do mundo ( deixou o top-10 após não conseguir defender os pontos do título do ATP Finals de 2017), Dimitrov manteve o favoritismo do confronto e deu pouco ritmo para o japonês. Apesar de ter que salvar alguns match points no começo do jogo, o búlgaro quebrou o saque de Nishioka no quarto game do primeiro serviço, o suficiente para manter a vantagem e confirmar o triunfo na parcial.

Já no segundo set, Dimitrov foi ainda mais dominante e quebrou duas vezes o serviço do oponente para sacar para o jogo. A vantagem era tão boa que nem a quebra contra no oitavo game mudou o panorama do jogo, já que o búlgaro não perdeu a oportunidade no serviço seguinte e confirmou a vitória na segunda parcial por 6/4.

Milos Raonic comemora vitória diante de Bedene (Foto: Saeed Khan / AFP)

Quanto ao duelo entre Raonic e Bedene, a disparidade técnica ficou ainda mais evidente desde o começo da partida, já que o canadense aplicou um pneu (quando um dos adversários não consegue vencer um único game), levando uma grande vantagem para a sequência do jogo.

No segundo set, o eslovano fez seus primeiros games, mas Raonic tinha o controle do jogo e precisou de apenas uma quebra (no sexto game), para vencer o jogo e avançar no torneio de Brisbane.

Na próxima rodada do torneio australiano, Dimitrov não deverá ter a mesma facilidade que teve na estreia, já que enfrentará o tenista da casa John Millman, algoz de Roger Federer no Aberto dos Estados Unidos de 2018. Enquanto isso, Raonic terá que eliminar um jovem talento para continuar sonhando com o título, pois o canadense enfrentará na segunda rodada o sérvio Kecmanovic, de apenas 19 anos.

 

Deixe seu comentário