Bellucci vence italiano e vai à final do ATP 250 de Quito

São Paulo, SP

06-02-2016 18:33:50

O brasileiro Thomaz Bellucci, 35º do ranking mundial, está na final do ATP 250 de Quito. O jogador bateu o italiano Paolo Lorenzi (59º), por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/2 e 6/3. Com o triunfo, Bellucci superou o seu desempenho de 2015, quando havia chegado na semifinal no Equador.

No primeiro set, o brasileiro começou bem, e, no terceiro game, quebrou o saque de Lorenzi. Porém, no game seguinte, o 59º do mundo conseguiu devolver a quebra, empatando em 2/2. No momento de decisão da parcial, Thomaz falhou, e acabou perdendo mais uma vez o saque, deixando o europeu em boa situação, com 5/3. Com a vantagem, o italiano não perdeu a chance e fechou o set em 6/3.

Na segunda parcial, Bellucci conseguiu dominar o jogo. Mais uma vez, o brasileiro conseguiu quebrar o serviço de Lorenzi e, dessa vez, não perdeu o seu saque. Quando o placar mostrava 5/2, o canhoto conseguiu mais uma quebra, empatando a partida em 1 a 1.

No set decisivo, o jogo foi equilibrado até o sexto game, quando o paulista de Tietê conseguiu vencer o saque do italiano e fazer 4/2. Depois disso, bastou a Belllucci confirmar seus serviços para fechar em 6/3, e alcançar sua primeira decisão em 2016, contra o dominicano Victor Estrella Burgos (58º), atual campeão do torneio, que na semifinal bateu o espanhol Albert Ramos-Vinolas (55º) por 6/2 e 7/6 (7-5).

Pouco depois de vencer a semifinal de simples, Bellucci voltou à quadra para a decisão de duplas ao lado do compatriota Marcelo Demoliner. O argentino Guillermo Duran e o espanhol Pablo Carreno Busta ganharam dos brasileiros por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Em Buenos Aires, Clezar vence

Em busca de uma vaga na chave principal do ATP 250 de Buenos Aires, o gaúcho Guilherme Clezar (170º) venceu o espanhol Daniel Gimeno-Traver (111º), terceiro cabeça de chave do qualificatório. O brasileiro dominou a partida e fez 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2. Na segunda rodada do quali, Clezar enfrenta o português Gastão Elias (142º). Outro brasileiro na disputa, José Pereira (275º), irmão de Teliana Pereira, melhor tenista brasileira, perdeu para o espanhol Albert Montañes (114º), por 2 sets a 0, 7/6(5) e 7/6(6), e está eliminado da competição.

 

Deixe seu comentário