Atual vice-campeão, Feijão cai para argentino na estreia em Medellín

São Paulo, SP

06-10-2015 15:28:15

Finalista do Challenger de Medellín em 2014, João "Feijão" Souza sequer passou da primeira rodada nesta edição. Segundo melhor tenista do Brasil e quarto favorito ao título no saibro colombiano, o paulista não foi capaz de superar o ímpeto do argentino Juan Londero, e foi derrotado em sets diretos (6/2 e 6/3), após 1h13 de confronto.

Há um ano, o número 126 do mundo chegou à decisão da competição que concede 50 mil dólares em premiação, mas foi derrotado pelo norte-americano Austin Krajicek por 7/5 e 6/3. Feijão também amargou o vice em 2009, quando caiu para o argentino Juan Ignacio Chela. O único brasileiro a vencer o torneio foi Marcos Daniel, responsável por superar o colombiano Juan Sebastián Cabal em 2010. Nas duplas, André Ghem ergueu o caneco com Lucas Engel em 2004, e voltou a fazê-lo em 2008, com Marcelo Melo.

O próximo adversário de Londero, 302º do ranking, será o equatoriano Emílio Gomez (352º), que passou pelo convidado Felipe Escobar (870º) em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/6 (7-5).

Além de Feijão, o brasileiro Fabrício Neis (566º) também foi eliminado na primeira rodada. O gaúcho perdeu para o peruano Juan Pablo Varillas Patino-Samudio (768º) por 7/6 (9-7) e 6/4, mas segue vivo nas duplas, em parceria com o conterrâneo Guilherme Clezar.

O número 170 do mundo foi o único representante verde-amarelo a avançar na chave individual. Clezar bateu o belga Yannik Reuter (413º) e agora enfrenta o local Felipe Mantilla (670º). Fernando Romboli (301º), já eliminado nas duplas, caiu também na chave simples. Também nesta terça, o carioca não resistiu ao favoritismo do italiano Paolo Lorenzi, cabeça de chave 1 e número 83 do mundo, e perdeu por 2 sets a 0 (6/3 e 6/2) após 1h10.

Deixe seu comentário